Bahia leva vantagem nos confrontos contra o Atlético-GO; veja retrospecto

Nos últimos três jogos em Goiânia, empatou dois e perdeu um

Foto: Adalberto Marques/Agif/Agência Estado

Neste domingo (10), o Esporte Clube Bahia tem novo desafio pelo Campeonato Brasileiro da Série A e o adversário da vez é o Atlético-GO, às 18h15, no Estádio Antônio Accioly, pela 29ª rodada. No primeiro turno, o time goiano venceu o Bahia por 1 a 0 no Estádio Metropolitano de Pituaçu, na estreia do técnico Mano Menezes e com gol marcado pelo goleiro Jean. Na ocasião, o Esquadrão completou sete jogos sem vencer. Agora a situação é bem pior, já que o time vem de SETE derrotas seguidas e se encontra dentro da zona de rebaixamento, com 28 pontos na 17ª colocação, precisando não somente vencer, mas secar o Vasco, para deixar o Z4.

 

Os times farão o duelo de número 22 no histórico do confronto, sendo que o Bahia leva vantagem com 11 triunfos contra 4 do Atlético-GO, além de 6 empates. No geral, foram 28 gols marcados pelo time baiano e 18 sofridos. Contando apenas os jogos pela Série A, são 10 encontros, com 5 triunfos do Esquadrão, 4 do time goiano, e 3 empates. Atuando em Goiânia, o Bahia também leva vantagem, ainda que pequena. Venceu quatro vezes, perdeu três e empatou duas.

Porém, a última vez que venceu o Atlético-GO em Goiânia foi em 2012, por 1 a 0, pela última rodada do Brasileirão, atuando no Estádio Serra Dourada, com gol marcado pelo atacante Rafael Gladiador. Na ocasião, o time comandado pelo treinador Jorginho, jogou com Marcelo Lomba; Neto, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro; Diones (Kléberson), Fahel, Hélder e Zé Roberto (Rafael); Gabriel e Jones Carioca (Caio César). De lá para cá, foram três partidas, com uma derrota e dois empates.

No histórico geral, a última vez que o Bahia venceu o Atlético-GO foi no dia 5 de junho de 2017. Estreantes naquela partida, os meias Vinícius e Gustavo Ferrareis tiveram grande atuação e também balançaram as redes. O outro gol foi marcado pelo volante Renê Junior, diga-se, um belo gol. O jogo marcou a estreia do técnico Jorginho, que assumiu o lugar de Guto Ferreira. Naquela ocasião, o time tinha como goleiro Jeanzinho, hoje titular do time adversário. A equipe naquele jogo atuou com: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior e Edson (Juninho); Vinícius (Gustavo Ferrareis), Alione e Zé Rafael; Edigar Júnio (Gustavo).

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*