Vitória da Conquista sofre goleada e é o último baiano eliminado na Série D

Atlético-BA foi eliminado no sábado e o ECPP saiu da competição neste domingo

O Vitória da Conquista fez uma primeira na Série D do Campeonato Brasileiro de altos e baixos, mas ainda assim, se classificou de forma antecipada, terminando na terceira colocação do Grupo 4 a fase de grupos. No último domingo, estreou na segunda fase vencendo o Salgueiro, no entanto, o triunfo acabou saindo com um gosto amargo, já que o Bode chegou a abrir um placar expressivo de 4 a 1, mas repetiu as mesmas vaciladas que já tinha cometido na primeira fase, e permitiu a reação do Salgueiro que marcou duas vezes e levou para Pernambuco uma derrota de 4 a 3, deixando a decisão muito aberta para a partida de volta no campo do adversário.

 

Neste domingo (13), os times voltaram a se encontrar, e o Vitória da Conquista simplesmente sucumbiu atuando no Estádio Cornélio de Barros, na cidade de Salgueiro, no estado de Pernambuco, sendo goleado pelo placar de 4 a 0 e dando adeus ao sonho do acesso à Série C. Os donos da casa abriram o placar aos 39 minutos do primeiro tempo com Renato de pênalti, ampliaram aos 13 da etapa final com o capitão Ranieri, anotaram o terceiro aos 30 com Ciel, e fecharam a conta aos 36 com Raimundo Júnior. Com isso, o time pernambucano avança às oitavas de final e enfrenta o Altos-PI que, por sua vez, despachou o Rio Branco do Abre, vencendo os dois jogos (2 x 0 e 3 x 1). .

O Vitória da Conquista é o último time baiano eliminado no Campeonato Brasileiro da Série D. O Atlético de Alagoinhas, que fez também uma excelente campanha na primeira fase mesmo com todos os problemas financeiros, foi eliminado no sábado para o Goiânia. Na ida, no Carneirão, empatou em 1 a 1, e ontem após sair na frente aos 20 segundos de bola rolando, sofreu a virada e perdeu por 3 a 2, na estreia do técnico Barbosinha. Já o Bahia de Feira não chegou nem a avançar da primeira fase.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário