Único sobrevivente, Bahia é o Brasil e o Nordeste na Sul-Americana

Bahia está entre os oito melhores da Copa Sul-Americana 2020

Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia

A Copa Sul-Americana iniciou com seis clubes brasileiros, sendo que apenas dois deles conseguiram avançar de fase. O Atlético Mineiro foi eliminado pelo Unión Santa Fé, perdendo por 3 a 0 na Argentina e vencendo por 2 a 0 no Independência. O Goiás, por sua vez, perdeu do Sol de América ao estilo lasquinê, 1 a 0 fora e 1 a 0 dentro, também dando adeus na primeira fase. O Fluminense foi outro que não conseguiu avançar e parou no Unión La Calera, após dois empates (1×1 em casa e 0x0 fora), sendo eliminado pelo critério do gol qualificado. o Fortaleza até lutou, perdeu por 1 a 0 na Argentina, e venceu por 2 a 1 no Castelão, mas foi despachado pelo Rei de Copas, Independiente, pelo gol sofrido no Ceará.

 

Com o segundo melhor desempenho da primeira fase, o Esporte Clube Bahia estreou goleando o Nacional, em confronto disputado ainda em fevereiro, antes da pandemia, aplicando 3 a 0 na Arena Fonte Nova. Na volta, venceu por 3 a 1 no Paraguai. Enquanto isso, o Vasco da Gama se classificou após vencer o Oriente Petrolero por 1 a 0 no Rio de Janeiro e empatar sem gols fora de casa.

Na segunda fase, baianos e cariocas ganharam a companhia do São Paulo, que saiu da Libertadores na fase de grupos e entrou na Sul-Americana. Porém, os paulistas não ficaram muito tempo e na mesma fase caiu diante do Lanús. Perdeu por 3 a 2 na Argentina, e venceu por 4 a 3 no Morumbi, dando adeus pelo critério do gol qualificado. O Bahia, por sua vez, iniciou a segunda fase perdendo para o Melgar, do Peru, por 1 a 0, mas na partida de volta, com uma ENORME tranquilidade e sem sobressaltos, precisou de apenas 34 minutos para aplicar 4 a 0 no time peruano e carimbar o passaporte para as oitavas de final. Já o Vasco, mesmo apertado, passou pelo Caracas (1 x 0 e 0 x 0).

Nas oitavas de final, o Esporte Clube Bahia encontrou dificuldades nos 180 minutos diante do Unión Santa Fé, mas levou a melhor, vencendo por 1 a 0 na Arena Fonte Nova e empatando sem gols na Argentina. Com a classificação, poderíamos ter um duelo brasileiro nas quartas de final, porém, o Vasco da Gama foi eliminado pelo Defensa y Justicia, nesta quinta-feira, perdendo por 1 a 0 em São Januário após empatar sem gols na Argentina. Com isso, o Esquadrão é o único sobrevivente entre os brasileiros figurando entre os oito melhores da competição.

O primeiro duelo entre Bahia e Defensa y Justicia deve acontecer na Arena Fonte Nova entre os dias 8, 9 ou 10 de dezembro, enquanto a partida de volta deve ocorrer entre os dias 15, 16 ou 17, no Estádio Norberto “Tito” Tomaghello. Caso avance do Defensa y Justicia, o Bahia pode enfrentar nas semifinais Coquimbo Unido, que eliminou o Sport Huancayo, ou Junior Barranquilla, que despachou hoje o Unión La Calera nos pênaltis.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*