Jogando pelo empate, Bahia visita o Unión para seguir adiante na Sul-Americana

Se marcar um gol, Bahia só perde a vaga se tomar 3 a 1 do Unión

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Apesar de ter vencido cinco dos últimos sete jogos, o Esporte Clube Bahia ainda não passa confiança ao seu torcedor, principalmente pelas deficiências defensivas. Quando assumiu o time, Mano Menezes afirmou que o clube contratou o treinador certo e prometeu arrumar a defesa tricolor, porém, até o momento, ainda não conseguiu. A equipe até vinha apresentando uma certa melhora, porém, as últimas duas derrotas (4 x 0 para o Bragantino e 3 x 1 para o São Paulo) escancaram novamente problemas antigos. Nesta terça-feira, o Esquadrão entra em campo para enfrentar novamente o Unión Santa Fé, às 19h15, no Estádio 15 de Abril, da Argentina, em duelo tratado como um dos mais importantes do ano, já que pode levar o tricolor mais adiante na Copa Sul-Americana, chegando entre os oito melhores da competição.

 

Nos primeiros 90 minutos, o Bahia encontrou muitas dificuldades diante do time do Unión Santa Fé, que é muito superior aos adversários das duas primeiras fases do torneio (Nacional-PAR e Melgar), tento que o goleiro Douglas foi o principal jogador do jogo de ida, com defesas providenciais, evitando que o time argentino marcasse um gol valioso na Arena Fonte Nova. Sem apresentar um futebol de encher os olhos, o Esquadrão conseguiu um triunfo essencial por 1 a 0, com gol de pênalti do atacante Gilberto, artilheiro da Sul-Americana com 5 gols, e que estará de volta nessa partida após cumprir suspensão diante do São Paulo.

Com placar da ida, o Bahia joga pelo empate na Argentina, porém, certamente o time entrará em campo buscando ao menos um golzinho que forçaria o Unión a vencer por 3 a 1, já que na Sul-Americana existe o chamado “gol qualificado” marcado na casa do adversário como critério de desempate. Para os hermanos, só restam vencer por 1 a 0 para decidir nos pênaltis ou por dois gols de diferença para avançar no tempo normal.

Quem apita o duelo entre Unión Santa Fé e Bahia é o árbitro colombiano Jhon Ospina. Ele será auxiliado pelos compatriotas Sebastián Vela e Wilmar Navarro. No árbitro de vídeo, o comando será do também colombiano Carlos Betancur.

O classificado de Bahia e Unión enfrenta na próxima fase Vasco ou Defensa y Justicia. Na partida de ida, o time carioca arrancou um empate em 1 a 1 na Argentina e agora joga pelo empate sem gols no Rio de Janeiro para se classificar.

Dos seis clubes brasileiros que disputaram a primeira fase da Sul-Americana, além do São Paulo que entrou na segunda fase, apenas Bahia e Vasco seguem vivos. Na primeira fase, o Esquadrão estreou goleando o Nacional, em confronto disputado ainda em fevereiro, antes da pandemia, aplicando 3 a 0 na Arena Fonte Nova. Na volta, venceu por 3 a 1 no Paraguai e avançou como segundo melhor time. Na segunda fase, a vítima foi o Melgar, do Peru. Na ida, fora de casa, o Tricolor perdeu por 1 a 0, mas na partida de volta, com uma ENORME tranquilidade e sem sobressaltos, precisou de apenas 34 minutos para aplicar 4 a 0 no time peruano em duelo que marcou o retorno à Arena Fonte Nova.

 

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*