De volta, Rodriguinho dá a receita para o Bahia reverter placar contra o Melgar

“São tipos de jogos que eu gosto. Mata-mata sempre tem aquele gostinho especial"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

A principal novidade do Esporte Clube Bahia para a decisão desta quinta-feira é a volta do meia Rodriguinho, que retorna após se recuperar de uma lesão no pé. O jogador concedeu entrevista coletiva antes do treino desta quarta-feira (4) na Fonte Nova, palco do jogo marcado para 21h30, pela 2ª fase do torneio continental. Rodriguinho falou sobre o duelo de mata-mata, afirmou que que é o tipo de jogo que gosta e garantiu que o time está motivado para buscar a classificação.

 

“São tipos de jogos que eu gosto. Mata-mata sempre tem aquele gostinho especial. Lógico que toda partida a gente entra para tentar fazer o melhor, mas, sabendo que não vai ter o amanhã, a gente tenta se concentrar cada vez para que as coisas possam acontecer da melhor forma possível. E não vai ser diferente dessa vez. Sabemos que temos que reverter esse placar. Os jogadores estão motivados para que possam fazer um excelente jogo e se classificar. E eu vou estar aqui também para tentar fazer o máximo e ajudar meus companheiros a sair com essa classificação”, disse.

Rodriguinho deu a receita para reverter o placar de 1 a 0 para os peruanos. “Primeiro, pressionar a equipe adversária, não deixa-los confortáveis em nenhum minuto do jogo. Segundo, não tomar gols, para que não se amplie a vantagem e que a gente possa estar vivo o tempo inteiro dentro do jogo; sair na frente, que é óbvio, no futebol facilita muito as coisas e coloca a responsabilidade um pouco do outro lado. E, assim que aparecer a primeira oportunidade, concluir e fazer o gol para que a gente possa ter mais confiança ainda para poder buscar o segundo. Então são formas que são claras, todo mundo entende, que a gente tem que colocar em prática dentro do campo amanhã”, falou.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*