Zagueiro do Vitória espera espantar má fase: ‘Temos que amadurecer’

"Estamos na parte de baixo e esse time tem que almejar a parte de cima"

Foto: Pietro Carpi / ECVitória

O Esporte Clube Vitória voltou a tropeçar no Estádio Manoel Barradas, e na noite desta quinta-feira (22) ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Guarani, pelo complemento da 17ª rodada da Série B do Brasileiro. Léo Ceará abriu o placar cobrando pênalti aos 8 minutos do primeiro tempo, mas Rafael Costa empatou aos 34 da etapa final. Após a partida, o zagueiro Maurício Ramos falou sobre a situação incômoda do time que não vence há seis rodadas e figura na parte de baixo da tabela, próximo à zona de rebaixamento.

 

“A gente tem que espantar essa fase. A gente tem que amadurecer, abrir o olho. Estamos na parte de baixo e esse time tem que almejar a parte de cima. Que próximo jogo possamos fazer melhor e sair vitoriosos”.

O atacante Léo Ceará, autor do gol rubro-negro, também comentou a situação. “Acho que a gente tem que ter um pouco de calma. A gente conversou muito essa semana sobre ter paciência, já que a gente vem numa sequência não tão boa”, comentou o atacante em entrevista ao canal Premiere.

Com o empate, o Vitória contabiliza 20 pontos e permanece na 13ª colocação, dois pontos acima da zona de rebaixamento e sete pontos abaixo do G-4, enquanto o Guarani com o ponto somado deixou o Z-4 e pulou para o 15º lugar com 18 pontos, colocando no seu lugar o Figueirense.

O próximo compromisso do Vitória é no domingo (25), às 20h30, contra o Botafogo-SP, no Estádio Santa Cruz, na cidade de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. O time paulista é o vice-lanterna da Série B, com 14 pontos somados, a frente apenas do Oeste que ocupa a lanterna com 7 pontos.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*