Após 4 derrotas em sequência, Botafogo-SP ressuscita e derrota o Vitória

Vitória completou SETE jogos sem vencer na Série B do Brasileiro

Foto: Reprodução

Praticamente todos os jogos encerrados da 18ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, iniciada na última sexta-feira estão concluídos valendo destacar o triunfo expressivo do Sampaio Corrêa em cima do Cuiabá, a consolidação da Chapecoense na liderança, a fixação da América-MG no G4, além na chegada do Juventude expulsando a Ponte Preta do Grupo de classificação considerando este momento.

 

Nos jogos de domingo, talvez, o mais importante juntamente com o jogo do Vitória o Cruzeiro que com Enderson Moreira, Ney Franco ou Luiz Felipe Scolari, continua sendo um time semimorto e com aspecto que está fadado ao fracasso. Hoje à tarde, atuando no Estádio do Aflitos, o time celeste, cheio de glórias e repleto de tradição ficou apenas no empate em 1 x 1 com o Náutico, outro que não consegue decolar na competição. Com o resultado o Náutico ficou na 15º colocação com 19 pontos. O Cruzeiro continua no Z4 na 18º colocação com 17 pontos. Na próxima rodada, o Náutico vai até Alagoas pegar o CSA, no sábado (31), às 21h, enquanto o Cruzeiro recebe o Paraná no Mineirão, Sexta-feira (30), às 21h30. Ambas as equipes seguem firmes tentando se livrar da degola.

No último jogo do domingo, no Estádio Santa Cruz, na cidade de Ribeirão Preto, Botafogo-SP e Vitória se enfrentaram num autêntico duelo de “atrapalhados” com time baiano sem vencer há seis jogos, enquanto o time paulista vindo de quatro derrotas em sequência, além disso, nos últimos DEZ jogos, perdeu OITO e quando atuou no Estádio Santa Cruz, onde hoje enfrentou o Vitória, foram CINCO derrotas em OITO jogos.

Naturalmente um jogo com dois clubes de baixo nível técnico e de péssimas campanhas não era de se esperar nada além de um jogo feio, pobre de emoções e completamente ausente de ações ofensivas, sendo a aposta num 0 x 0 sonolento e irritante como placar recomendando por qualquer torcedor de mediana consciência e desmamado das preferência clubísticas. No entanto, o Esporte Clube Vitória reafirmando o seu péssimo momento foi capaz de ser derrotado pelo fragilizado tricolor de ribeirão pelo placar de 2 x 1, recebendo um gol antes mesmo do primeiro minuto de jogo marcado por Judivan e Ferreira aos 24 do segundo tempo. Jordy Caicedo descontou aos 40 minutos.

Mais um resultado vexatório para o Rubro-negro que chega a sua sexta derrota na competição, a quarta atuando fora de casa, e sete jogos SEGUIDOS sem sentir o gosto da vitória, enquanto o adversário quebra uma sequência de 4 derrotas, porém, segue enfiado na vice-lanterna da Série B agora com 17 pontos

Com o resultado, o Vitória chega aos 20 pontos, foi superado pelo Guarani que venceu o Avaí e agora é o décimo quarto colocado com oito pontos abaixo do primeiro listado no G4, o Juventude de Caixas de Sul. Na sequência, o Vitória encara o Grêmio Brasil de Pelotas, no Estádio do Barradão, na próxima sexta-feira (20), fechando os jogos do simbólico primeiro turno da competição.

DADOS DO JOGO:
BOTAFOGO-SP 2 X 1 VITÓRIA
Série B – 18ª rodada
Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto (SP)
Data e Horário: 25/10/2020 (domingo), 20h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA-CBF)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA-CBF) e Helcio Araujo Neves (PA-CBF)
Quarto árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP-CBF)
Analista de campo: Gilberto Corrale (SP-CBF)

GOLS: Judivan e Ferreira (Botafogo-SP)

BOTAFOGO-SP
Darley; Valdemir, Jordan, Róbson e Martineli; Elicarlos (Edson Júnior), Ferreira (Walisson Maia) e Bady (Matheus Anjos); Ronald (Luketa), Jeferson e Judivan (Murilo Oliveira). Técnico: Claudinei Oliveira.

VITÓRIA
Ronaldo; Leandro Silva (Léo), Maurício Ramos, João Victor e Rafael Carioca; Guilherme Rend, Lucas Cândido, Gerson Magrão (Mateusinho) e Juninho Quixadá (Vico); Ewandro (Junior Viçosa) e Leo Ceará (Jordy). Técnico: Eduardo Barroca.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*