Suárez chora em despedida e indica motivo de saída do Barcelona

"Às vezes, o jogador e o clube precisam de mudanças", disse

Novo reforço do Atlético de Madrid, o atacante Luis Suárez se despediu do Barcelona nesta quarta-feira e chorou em entrevista depois de ouvir as palavras de agradecimento do presidente Josep Maria Bartomeu. O uruguaio disse que o clube o apoiou em momentos difíceis e explicou sua saída, colocando como principal motivo uma opção do técnico Ronald Koeman e afirmando que era necessária uma mudança.

 

“Às vezes, o jogador e o clube precisam de mudanças. Nesse caso, o treinador não contava comigo. Saio com a sensação de ter atendido as expectativas. Saio como terceiro artilheiro (da história do clube). É algo que não imaginei. Fico feliz por deixar uma boa marca. Houve bons e maus momentos. Que eles se lembrem de mim para o bem”, disse.

Suárez deixa o Barcelona para atuar no Atlético de Madrid mesmo tendo mais um ano de contrato com o clube catalão. O negócio foi fechado na terça-feira, sendo que o clube madrileno pagará seis milhões de euros (cerca de R$ 39 milhões) em cláusulas variáveis, com o pagamento condicionado a metas estabelecidas.

Na entrevista, Suárez ainda se emocionou ao relembrar a confiança depositada pelo clube em um momento difícil, logo após a suspensão provocada pela mordida em Chiellini na Copa do Mundo de 2014. “Sempre serei muito agradecido, o clube confiou em mim sabendo das condições que chegaria depois do erro que cometi. Estou ciente de que uma etapa está terminando. Tenho que estar muito orgulhoso de tudo que fiz e por levar amigos comigo depois de todos esses anos. Sai um ser humano que tem sentimentos”, disse.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*