Vitória luta, mas Ceará mantém escrita e se classifica na Copa do Brasil

Vitória agora foca somente no Campeonato Brasileiro da Série B

Vitória e Ceará protagonizaram na noite desta quarta-feira (26) um jogo extremamente eletrizante no Estádio Manoel Barradas, certamente um dos mais emocionantes da história da Copa do Brasil e talvez o mais emocionante no histórico de confrontos entre os dois times. Para termos uma ideia, apenas no primeiro tempo, 3 gols, 3 pênaltis e 3 expulsões. O Vozão entrou em campo carregando o status de carrasco da dupla Ba-Vi, afinal, somente esse ano, eliminou o Vitória nas quartas de final da Copa do Nordeste e conquistou o torneio em cima do Bahia, repetindo 2015. Além disso, o time cearense foi responsável por quatro eliminações do Rubro-Negro de 2013 para cá no Nordestão e entrou em campo buscando manter a escrita, enquanto o Vitória estava disposto a derrubar o TABU, e deu inícios de que conseguiria o feito ao abrir 2 a 0 em apenas 15 minutos, placar suficiente para reverter a derrota de 1 a 0 do jogo de ida, porém, perdeu dois atletas expulsos e com 9, não conseguiu segurar o resultado, tomou a virada perdendo por 4 a 3 e dando adeus à Copa do Brasil. Thiago Carleto, Léo Ceará e Jordy Caicedo fizeram para o Vitória, enquanto Vinícius, Thiago Carleto (contra), Fernando Sobral e Lima marcaram para Ceará.

 

O Esporte Clube Vitória chegou nessa fase após eliminar Imperatriz (0 x 0 – tinha a vantagem do empate) e Lagarto-SE (3 x 1). Já o Ceará eliminou o Bragantino-PA (2 x 1) e o Oeste Barueri (1 x 1, vencendo nos pênaltis por 4 x 2). Com a eliminação, o Leão deixa de embolsar R$ 2 milhões e deixa a Copa do Brasil com uma premiação de R$ 2.690.000 (R$ 540 mil pela participação na primeira fase, mais R$ 650 mil pela classificação à segunda fase e R$ 1.500.000 por chegar à terceira fase). Já o Vozão fatura mais R$ 2 milhões pela vaga à quarta fase e chega a um total de R$ 5,4 milhões. Se avançar às oitavas de final, recebe mais R$ 2,7.

JOGO EMOCIONANTE!!!

O Vitória começou o jogo avassalador, com muita movimentação e toques rápidos, e em 15 minutos, já vencia por 2 a 0. Aos 7 minutos, Léo Ceará aproveitou sobra da defesa cearense e mandou de primeira abrindo o placar. Aos 13, Vico foi derrubado pelo goleiro Fernando Prass na entrada da área. Pênalti bem marcado e bem convertido por Thiago Carleto, aos 15 minutos. Aos 30 minutos, Léo Ceará e Charles se desentenderam na área e o árbitro aplicou o vermelho direto para os dois, deixando 10 de cada lado. Dois minutos depois, em blitz do Vozão na área rubro-negra, a bola ultrapassa a linha, mas o juiz não dá o gol, revoltando os jogadores do Vovô. Aos 36, pênalti para o Ceará, após toque de mão do meia Vico que tomou o segundo amarelo e foi expulso. Porém, na cobrança, Rafael Sobis parou no paredão Ronaldo. Aos 46, novo pênalti, mas dessa vez quem foi para a bola foi o meia Vinícius, que deslocou o arqueiro e colocou ainda mais fogo no confronto. No intervalo, o presidente Paulo Carneiro invadiu o campo e chamou Vinícius de “vagabundo”.

O placar de 2 a 1 carregava o jogo para a disputa por pênaltis, o que seria um lucro para o Vitória jogando com 9 jogadores, porém, logo aos 3 minutos da etapa final, bola cruzada na área e Thiago Carleto desviou contra o próprio patrimônio. Aos 15, Fernando Sobral virou para o time cearense, mas o Leão não se entregou e empatou aos 19 com Jordy Caicedo, mantendo as esperanças vivas, porém, aos 43, Lima colocou o Vozão na frente e deu números finais à partida, classificando o time cearense e eliminando a equipe baiana da Copa do Brasil.

O próximo compromisso do Esporte Clube Vitória é no sábado (29), contra o Paraná Clube, às 16h30, no Estádio Manoel Barradas, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Leão está invicto na competição, mas vem de quatro empates consecutivos e ocupa o 9º lugar com 7 pontos. Já o Ceará entra em campo no domingo (30), às 18h, contra o Atlético-GO, no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O Vozão venceu a primeira partida ao derrotar o Bahia, no último domingo, por 2 a 0, na Arena Castelão, mas segue na vice-lanterna com 4 pontos.

Vitória 4 x 3 Ceará
Copa do Brasil – 3ª Fase  (jogo de volta)
Data: 26/08/2020 (quarta-feira)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 21h30
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (PR-CBF)
Assistentes: Luciano Roggenbaum (PR-CBF) e Luiz Souza Santos Renesto (PR-CBF)
Quarto árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA-CBF)
Analista de campo: Jailson Macedo Freitas (BA-CBF)
Gols: Léo Ceará, Thiago Carleto  e Jordy Caicedo (Vitória); Vina, Fernando Sobral e Thiago Carleto (contra) (Ceará)
Cartões amarelos: Maurício Ramos, Vico e Thiago Carleto (Vitória) Fernando Prass e Gabriel Lacerda (Ceará)
Cartões vermelhos: Léo Ceará e Vico (Vitória); Charles (Ceará)

Vitória:Ronaldo; Jonathan Bocão, Gabriel Furtado, Maurício Ramos e Thiago Carleto (Mateusinho); Guilherme Rend (Jordy Caicedo), Fernando Neto (Felipe Garcia) e Marcelinho (Jean); Rafael Carioca, Léo Ceará e Vico. Técnico: Bruno Pivetti.

Ceará: Fernando Prass; Samuel Xavier, Gabriel Lacerda (Tiago), Luiz Otávio e Bruno Pacheco; William Oliveira (Fabinho) e Charles; Fernando Sobral, Vina e Leandro Carvalho (Matheus Gonçalves); Rafael Sobis. Técnico: Guto Ferreira.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*