Flamengo pode perder três titulares para enfrentar o Bahia em Pituaçu

Bruno Henrique está suspenso e também sentiu uma lesão neste domingo

Foto: Daniel Castelo Branco

Neste domingo, o Flamengo venceu o Santos, por 1 a 0, porém, deixou o gramado da Vila Belmiro com preocupações. Diego Alves, Bruno Henrique e Gabriel sentiram problemas distintos e deixaram o campo de jogo na segunda etapa. De acordo com o departamento médico do clube, o trio será reavaliado na reapresentação, portanto, são dúvidas para o duelo contra o Esporte Clube Bahia, marcado para quarta-feira, às 20h30, no Estádio de Pituaçu, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. Bruno Henrique, além da lesão, tomou o terceiro cartão amarelo e já será desfalque por suspensão.

 

“Não sei o que vai acontecer. Bruno Henrique com três amarelos não pode jogar e tem um desconforto no joelho. Diego Alves tem um desconforto no ombro, já o Gabi estava cansado, teve um problema no tornozelo, mas acho que vai poder jogar no próximo jogo”, disse o técnico Domènec Torrent.

Destaque no jogo contra o Santos, o goleiro Diego Alves sentiu dores no ombro esquerdo e foi substituído aos 18 minutos do segundo tempo. Após grande participação na primeira etapa e uma defesa difícil em finalização de Raniel, o goleiro ficou caído e recebeu atendimento médico no gramado. Não conseguiu seguir no jogo e deu lugar a César. Na saída de campo ao fim da partida, Diego afirmou que o incômodo começou antes do intervalo.

“(A lesão) foi ali no primeiro tempo. Estiquei, senti uma dor forte, a dor não passou. Quando fiz a defesa, senti e pedi a substituição com total confiança no César também.”, disse o goleiro. 

Autor do gol do triunfo sobre o Santos, o atacante Gabigol sentiu o problema aos 30 minutos da etapa final, ao pisar em falso e sofrer uma entorse no tornozelo esquerdo. Com muitas dores, o atacante foi substituído imediatamente por Diego. Bruno Henrique, que deu lugar a Everton Ribeiro, também teve problemas físicos. O atacante deixou o campo de jogo com dores no joelho direito.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*