Arthur Caíke é regularizado e já pode estrear pelo Cruzeiro na Série B

Arthur Caíke ficará emprestado até o término da Série B, no fim de janeiro

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

O Cruzeiro correu contra o tempo e conseguiu regularizar o atacante Arthur Caíke no último dia para registro de transferências internacionais no Brasil. O jogador, que defendeu o Bahia até junho deste ano, chega por indicação do Enderson Moreira, com quem trabalhou no Bahia. Na chegada a Belo Horizonte, na noite do último sábado, ele falou pela primeira vez como reforço da Raposa e mostrou-se animado. “Melhores expectativas. Força, Bom chute, velocidade e um pouco mais. Vou tentar sempre melhorar em cima disso”.

 

Arthur Caíke ficará emprestado até o término da Série B, no fim de janeiro. Não há cláusula, no acordo de empréstimo, de uma compra futura do jogador. Uma cessão definitiva teria de ser acertada mais para frente. Para ser cedido, o jogador ampliará o contrato com o Al Shabab, com quem tem vínculo até o meio do próximo ano.

Natural de Barbalha (CE), Arthur Caíke do Nascimento Cruz foi revelado pelo Iraty e acumula passagens por Paraná, Coritiba, Londrina e Flamengo. Se destacou no Santa Cruz, em 2016, quando eliminou o Bahia na semifinal da Copa do Nordeste e levantou a taça regional, assim como o Pernambucano. Ele também foi um dos destaques da Série B de 2014, pelo Atlético Goianiense, terminando a competição entre os cinco maiores artilheiros do campeonato, com 12 gols. Chegou ao futebol árabe em agosto de 2018 e, até janeiro de 2019, marcou 6 gols em 15 jogos. A transferência internacional aconteceu após ser um dos principais nomes da Chapecoense por uma temporada e meia, com título catarinense e vaga à Taça Libertadores, em 2017. Arthur Caíke ficou um ano no Bahia e foi quase um 12º jogador no time de Roger Machado, mas nunca chegou perto de se firmar como titular desde sua chegada, em fevereiro de 2019. No total, ele disputou 54 jogos, com nove gols marcados. Em 2020, entrou em campo nove vezes, mas não balançou as redes.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*