Vitória vai processar o Cruzeiro por ter perdido os direitos de atacante

David deixou o Cruzeiro por meio da Justiça e acertou com o Fortaleza

Os problemas do Cruzeiro só aumentam. Desta vez, o clube mineiro pode ser processado pelo Esporte Clube Vitória por ter perdido os direitos econômicos do atacante David, revelado na Toca do Leão e negociado com a Raposa em 2018 por R$ 10 milhões. O jogador deixou o Cruzeiro por meio de uma liminar concedida em processo trabalhista por conta da falta de pagamento dos salários e acertou com o Fortaleza. Com isso, os direitos econômicos que o Vitória possuía foram perdidos. Dilson Júnior, diretor jurídico do Vitória, disse que o clube não aceitou um acordo de R$ 1 milhão proposto pelo Cruzeiro e que vai ingressar na Justiça contra a equipe mineira cobrando uma indenização.

 

“David entrou em ação contra o Cruzeiro e obteve a liminar para jogar no Fortaleza, com isso os direitos econômicos foram por água abaixo. Na audiência de conciliação Deivid e Cruzeiro entraram em acordo de R$ 1 milhão e o Cruzeiro quer repassar ao Vitória o Valor correspondente, só que a gente não aceita isso”, afirma o diretor jurídico, em entrevista aos Galáticos.

David foi contratado pelo Cruzeiro em janeiro de 2018, depois de se destacar com a camisa do Vitória. Com auxílio do fundo de investimentos do Banco BMG, o time celeste investiu cerca de R$ 10 milhões na contratação do atacante que atuou 71 jogos pelo time mineiro, marcando apenas quatro gols. Pelo Leão, ele atuou em 101 partidas, com 16 gols marcados, e foi bicampeão estadual 2016 e 2017. Em 2017, após ser eleito a revelação da Copa do Nordeste, o atacante também foi decisivo no Campeonato Brasileiro, com seis gols anotados. No Cruzeiro, ainda não vingou. Em 2018, marcou apenas um gol em 22 jogos. Em 2019, foram 48 jogos, com três gols, e muitas críticas por parte da torcida. Sem receber salários, entrou na Justiça e conseguiu se desligar do clube, acertando com o Fortaleza.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*