Disputa judicial pode impedir realização de jogos no Joia da Princesa

Jogos do Baianão e da Copa do Nordeste estão agendados para o estádio

Foto: Tiago Medeiros

Escolhido como um dos estádios para os jogos finais da Copa do Nordeste 2020, o Joia da Princesa receberá na próxima quarta-feira (22) o duelo entre Botafogo-PB e Vitória, pela última rodada da primeira fase. Além disso, na quinta (23), receberá também o jogo entre Fluminense de Feira e Jacuipense, pela retomada do Campeonato Baiano. No entanto, uma disputa judicial pode impedir a realização das partidas no Estádio, foi o que afirmou o prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, em coletiva concedida nesta segunda-feira. Segundo o gestor, duas empresas que realizam manutenção no gramado estão brigando judicialmente e a liberação do estádio depende de um acordo entre as partes. Ele também declarou que o presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Ricardo Lima, já está ciente da situação.

 

“O município liberou [a realização de jogos], mas o Joia da Princesa tem um problema importante nesse momento, uma disputa judicial. Isso foi avisado ao presidente da Federação Bahiana de Futebol, eu pessoalmente avisei ao presidente Ricardo Lima. Nós temos uma disputa judicial com relação a manutenção do gramado. Enquanto isso não for resolvido, o estádio não poderá ser utilizado. Estamos tentando ver com as duas empresas que estão disputando judicialmente a manutenção do piso do estádio Joia da Princesa. Foi liberado o município, que tem dois estádios, o do Bahia de Feira e o Joia da Princesa, que é municipal. Só será liberado se conseguirmos superar esse problema de ordem judicial”, disse Colbert Martins em coletiva de imprensa on-line.

Em contato ao site Globoesporte, a FBF declarou que possui a informação de que o Joia da Princesa está liberado e que não há qualquer alteração na programação de jogos para o estádio. “Para nós foi passado que o Joia da Princesa está liberado. Não há qualquer mudança”, declarou.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*