Copa do Nordeste ainda não está consolidada e carece de melhores atrativos

"não é o momento para reestabelecer um Norte-Nordeste"

Pei Fon / TNH1

A Copa do Nordeste ainda não está consolidada. Carece ainda de melhores atrativos, seja de prêmios para os clubes, seja pela própria estruturação do modelo de acesso, etc. Precisa primeiramente estabelecer uma estruturação significativa e se consolidar, seja como modelo de competição, formas de acesso e prêmios. A Copa Verde precisaria adotar modelo semelhante à Copa do Nordeste (já consolidada), para que aí sim pudesse estabelecer uma disputa significativa principalmente no que tange a prêmios, pois, sem estes, se tornaria apenas mais um amistoso com títulos isolados e simbólicos.

 

Creio que não é o momento para reestabelecer um Norte-Nordeste visto que a Copa do Nordeste e a Copa Verde ainda carecem de estruturação e consolidação do trabalho que estão desenvolvendo, os modelos adotados atualmente, premiação, etc. estão muito longe do que seria o ideal. Em termos de estruturação da Copa do Nordeste e Copa Verde, primeiramente deveria-se verificar justamente o problema dos Estaduais e da agenda do futebol no Primeiro Semestre

Os Estaduais hoje são um problema, porém não precisam acabar, mas, devem ser utilizados de outra forma. O Campeonato Baiano e outros estaduais são fórmulas deficitárias, naturalmente tem que mudar.

Por outro lado, a Copa do Nordeste é uma fórmula de sucesso, tem muita coisa ainda por melhorar, mas, é evidente que está no caminho certo. Penso que seria muito interessante tratar a Copa do Nordeste como o principal Campeonato Regional transformando os Estaduais em Campeonatos de Acesso.

– Seria como a Copa do Nordeste ser a 1ª Divisão – Com direito a rebaixamento (4 times)
– Os Estaduais seriam transformados em divisão de acesso, com campeão e vice indo disputar o torneio de acesso em mata-mata com 18 clubes (campeão e vice de cada estado do nordeste). Os 4 melhores subiriam para a 1ª divisão.
– Todo ano subiriam 4 e cairiam 4.

Isso dependeria das Federações Estaduais de Futebol e também da CBF, mas, acredito que os clubes, os principais interessados, precisariam propor essa fórmula. Esta estruturação precisaria naturalmente ser espelhada para os Estaduais da Região Norte e para a Copa Verde.

Max Maximus, colaborador do Futebol Bahiano.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*