CBF traça calendário 2020 já pensando na Copa do Mundo de 2022

Temporada 2020 precisa terminar no máximo em fevereiro de 2021

A Confederação Brasileira de Futebol vem trabalhando com o intuito de normalizar o futebol brasileiro, paralisado desde março por conta da pandemia do coronavírus, com exceção ao Campeonato Carioca que já voltou desde 18 de junho. Os outros Estaduais devem retornar ainda neste mês de julho, no entanto, ainda existe certa cautela, principalmente por parte das autoridades desses estados. Enquanto as Federações se movimentam para reiniciar os Estaduais, a CBF planeja o início das competições nacionais e já definiu as datas das Séries A, B e C. A primeira divisão dará sua largada no dia 9 de agosto, enquanto a segunda a terceira iniciam no dia 8 de agosto.

 

O presidente da entidade máxima do futebol brasileiro, Rogério Caboclo, frisou ao “Jornal O Globo” que o calendário precisa seguir as datas definidas para terminar um mês antes do início da Copa do Mundo, marcado para setembro de 2022. Portanto, a temporada 2020 precisa no máximo na segunda quinzena de fevereiro, para iniciar os Estaduais de 2021 na última semana do mesmo mês.

“A gente trabalha não apenas com o calendário de 2020. O calendário de 2020 já está bem traçado para a CBF. Vai invadir janeiro, fevereiro, pode chegar a meados do mês. Mas temos algumas premissas que vão além. Muita gente não leva em consideração. Nosso horizonte é a Copa do Mundo de 2022, marcada para começar em novembro. Obriga nosso calendário a terminar pelo menos um mês antes, em outubro de 2022. Temos que encerrar 2020 na segunda quinzena de fevereiro, iniciar os estaduais na última semana do mesmo mês, o Brasileiro no final de maio de 2021. Devemos terminar a temporada de 2021 como o usual, na primeira semana de dezembro, retomando o calendário tradicional, com férias, pré-temporada. Em 2022, a temporada terá conclusão precipitada. Vai ser um exercício bem difícil”, concluiu.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*