Basel fecha a compra de Arthur Cabral; Palmeiras e Ceará faturam

Basel vai pagar 4,4 milhões de euros (cerca de R$ 26,9 milhões)

Foto - Divulgação/Basel

Nesta segunda (29), Basel exerceu a obrigação de compra e acertou em definitivo com o atacante Arthur Cabral por um contrato de três anos. O valor da transferência, de 4,4 milhões de euros (cerca de R$ 26,9 milhões), será dividido igualmente entre o Palmeiras e o Ceará: cerca de R$ 13 milhões para cada. O clube paulista diz que ainda ficará com 30% de eventual futura venda, porém, o valor base a ser considerado para o cálculo da diferença não será o de 4,4 milhões de euros, mas sim menor. Isso significa que, caso o Basel faça uma venda lucrativa, o Palmeiras terá direito a pouco mais do que 30% da diferença entre o que o clube suíço investiu e o que ele arrecadar. Segundo o Ceará, metade desse valor também terá de lhe ser repassado, o que o clube paulista nega. A informação foi divulgada pelo site Globoesporte.

 

Os últimos detalhes foram acertados em uma reunião na manhã desta segunda-feira, na Academia de Futebol, entre Paulo Pitombeira, empresário do atleta, e a diretoria do Palmeiras. Em suas redes sociais, o Basel fez o anúncio da contratação no início da tarde desta segunda, com um vídeo do jogador falando sobre o acerto.

O valor da venda foi praticamente o mesmo que havia sido acordado no contrato de empréstimo, caso Arthur fizesse ao menos 12 gols pelo Basel. Ele alcançou a marca há oito dias e ativou a cláusula obrigatória de compra. Contratado por cerca de R$ 5,5 milhões no fim de 2018, Arthur Cabral fez somente seis jogos pelo Palmeiras e marcou um gol. No Basel desde agosto, ele se tornou um dos principais jogadores da equipe e já marcou 13 gols na temporada.

RAMIRES

No último sábado (27), o Esporte Clube Bahia anunciou que estendeu o empréstimo do meia Eric Ramires com o Basel por mais dois meses. Segundo o Esquadrão, a prorrogação do empréstimo foi um pedido do clube suíço, para poder completar a temporada na Suíça. O campeonato local teve interrupção devido à pandemia do coronavírus, mas já retornou, inclusive, o jovem atleta entrou em campo recentemente, chegando ao seu 3º jogo no time. O meio-campista foi emprestado em setembro do ano passado até 30 de junho de 2020, com obrigação de compra (de R$ 30 milhões por 100% dos direitos econômicos) em caso de participação em pelo menos 23 jogos na temporada. O Tricolor recebeu R$ 2,2 milhões de forma adiantada tendo ainda direito a 5% do lucro total no caso de venda futura do atleta.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*