Zagueiro do Bahia confessa saudade de entrar em campo e reencontrar o torcedor

Juninho é titular da equipe de Roger Machado

O futebol brasileiro está paralisado há mais de dois meses por conta da pandemia e ainda não tem data prevista para um retorno. A maior parte dos clubes seguem treinando à distância e aguardando autorização das autoridades de saúde para retomarem as atividades presenciais, é claro, respeitando o isolamento social dentro do centro de treinamento. Titular da equipe de Roger Machado, o zagueiro Juninho confessou que sente muita saudade de entrar em campo e reencontrar o torcedor. Contratado no ano passado inicialmente por empréstimo junto ao Palmeiras, o defensor atuou 29 jogos e marcou um gol em 2019. Teve seu passe adquirido em definitivo pelo Bahia. Esse ano, Juninho jogou os 10 jogos antes da paralisação e marcou um gol.

 

“Muita saudade de entrar em campo, defender o Bahia, reencontrar nosso torcedor. Esperamos que isso tudo passe logo para voltarmos a vestir a camisa do Bahia o mais rápido possível”, finalizou.

O material do treinamento à distância é preparado pela comissão técnica, que envia os treinos e cobra dos atletas a execução. O sistema adotado pelo clube foi elogiado por Juninho. “Sem dúvidas esse método vem ajudando cada atleta do Bahia. Comigo está sendo muito proveitoso, estou sempre em contato com os profissionais dos clubes, cada dia mandam um treino novo. Então sem dúvidas isso será fundamental para quando retornarmos”, disse o zagueiro.

Apesar de cumprir à risca o que o clube tem determinado, Juninho não esconde a saudade dos treinos em grupo. “É diferente treinar em casa, sem dúvidas. Todos nós queríamos estar no ct, trabalhando junto com todo o grupo, fazendo trabalho com bola. Mas entendemos que é hora de nos cuidarmos e com a ajuda de todos superar tudo isso”, opinou.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*