Treinador com passagens por Bahia e Vitória é internado em São Paulo

Vadão faz tratamento contra câncer descoberto no início deste ano

FIFA/FIFA via Getty Images)

Em tratamento contra câncer descoberto no início deste ano, o técnico Vadão está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde a última segunda-feira (18). Aos 63 anos, Oswaldo Alvarez, o Vadão, tratava a doença com sessões de quimioterapia, chegou a apresentar evolução, mas o quadro se agravou recentemente, segundo informações do portal “UOL Esportes”. O treinador acumula rápida passagem pelo Bahia em 2004. Em setembro de 2007, assumiu o Vitória com o objetivo de conseguir o acesso a Série A do Brasileirão, que ocupava a sexta colocação da Série B até então. O Leão retornou à elite do futebol brasileiro com duas rodadas de antecedência. Foi demitido em 2008 em março pelas más exibições no Campeonato Baiano e na Copa do Brasil.

 

O último trabalho de Vadão foi na seleção brasileira feminina e após a disputa da Copa do Mundo em julho 2019, ele foi demitido. Em clubes, Vadão dirigiu o Bahia em 2004 e o Vitória em 2007. Ponte Preta e Guarani, clubes que ele também dirigiu, fizeram postagens no Twitter dando apoio ao treinador que ficou conhecido no cenário nacional no início da década de 1990 com o que ficou conhecido como “carrossel caipira”, time do Mogi Mirim que tinha Rivaldo, Válber e Leto. Ele ainda teve passagens por Atlético-PR, Corinthians, São Paulo, Goiás, Sport, entre outros. No exterior, ele treinou o Tokyo Verdy, do Japão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*