Temendo perder Neymar e Mbappé, PSG mira Cristiano Ronaldo

craque português tem valor fixado em R$ 435 milhões

Foto: Divulgação/Juventus

Com a possibilidade de perder dois dos seus principais atacantes (Neymar para o Barcelona e Mbappé para o Real Madrid), o Paris Saint-Germain estaria de olho no atacante Cristiano Ronaldo, de acordo com informação do jornal “La Gazzetta Dello Sport” e o portal “Calciomercato”. Segundo as publicações, a Juventus, inclusive, teria fixado o valor do craque português entre 60 e 70 milhões de euros (mais de R$ 435 milhões na cotação atual). O contrato de CR7 com a Velha Senhora vai até 2022 e ele teria dito a pessoas próximas que pretende cumprir todo o compromisso firmado em 2018, quando foi adquirido junto ao Real Madrid por cerca de 100 milhões de euros. Aos 35 anos, fez 25 gols em 32 jogos na atual temporada. Ainda deu quatro assistências.

 

O contrato de Neymar vai até 2022 e o PSG pode correr o risco de perder o jogador de graça ou por um valor de mercado abaixo do que vale atualmente por conta da idade mais avançada e da aproximação do final do vínculo. O brasileiro, assim como no ano passado, deve apertar e pressionar por uma saída nos próximos meses. O atacante está disposto a ter metade do seu salário cortado para retornar à Catalunha na próxima temporada. Dessa forma, o acordo verbal que o craque tinha com a equipe de manter as bases salariais da primeira passagem pode ser revisado.

O desejo do atacante brasileiro é vestir novamente a camisa do Barça na próxima janela de transferência e por conta disso, rejeitou uma oferta tentadora – de cerca de 100 milhões de euros (R$ 593 milhões) – do  Paris Saint-Germain. De acordo com o “Mundo Deportivo”, esse montante seria apenas um prêmio ao brasileiro por renovar e manteria as condições do atual acordo que gira em torno dos 50 milhões de euros (R$ 296 milhões) devido aos compromissos comerciais com o Qatar National Bank. A recusa animou o clube espanhol que segue sonhando com a volta do jogador.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*