Geninho fala sobre a programação do Vitória para retorno dos treinos

"Nós temos quatro campos, dois de treinamento", disse

Foto: Letícia Martins / ECVitória

Apesar do governador Rui Costa se pronunciar contra a retomada dos treinamentos no futebol baiano, a dupla Ba-Vi se prepara para retornar aos treinos presenciais ainda este mês. O presidente Paulo Carneiro prevê um retorno das atividades no CT Manoel Pontes Tanajura no dia 18 deste mês. Nesta quarta-feira (06), em entrevista ao Jornal Correio, o técnico Geninho revelou que voltará aos treinos oficialmente no dia 11 de maio, inicialmente à distância. De acordo com o treinador, o clube tem se programado para cumprir as orientações das autoridades e evitar aglomerações. Ele lembrou o Leão tem quatro campos no CT e poderia tranquilamente trabalhar com 32 jogadores.

 

“Não é nem praticamente treino. Você vai dar um espaço ao seu jogador para que ele comece uma preparação física (…) Dentro dos protocolos de distanciamento que são exigidos pelas entidades de saúde, você tem que trabalhar em grupos de três ou quatro jogadores num espaço grande. Seria tipo quatro jogadores usando meio campo. No caso do Vitória, que tem um CT muito bom, você usaria quatro campos e poderia trabalhar com 32 jogadores espaçados. Nós temos quatro campos, dois de treinamento, o de grama sintética e o estádio. Você pega esses campos, divide por dois e você tem oito pedaços. Se você vai trabalhar com quatro (jogadores em cada), você tem 32. Então, você não pode trabalhar com mais de 32 (atletas). Você vai usar de quatro a oito profissionais para fazer esse trabalho. Pode ser que um profissional controle os dois grupos de um campo”, comentou o treinador.

O Vitória não entra em campo desde o dia 15 de março, quando atuou em dose dupla. No Barradão, pela Copa do Nordeste, o time de Geninho goleou o River-PI, por 4 a 1, e encaminhou a classificação para as quartas de final. Já em Riachão do Jacuípe, pelo Campeonato Baiano, o time de Agnaldo Liz perdeu por 1 a 0 para o Jacuipense. No dia seguinte aos dois jogos, começaram as negociações para suspensões das competições.

Rui Costa não aprova retorno das atividades de Bahia e Vitória

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*