Ex-meia do Bahia treina pela primeira vez no Cruzeiro e elogia torcida

Régis foi emprestado pelo Bahia ao Cruzeiro por um ano

Foto: Divulgação/Cruzeiro

Fora dos planos do Esporte Clube Bahia para a sequência da temporada, o meia Régis foi repassado ao Cruzeiro com o aval do técnico Enderson Moreira, inicialmente por empréstimo até o final do ano, quando também se encerra o seu vínculo com o Esquadrão, sendo assim, poderá assinar em definitivo com a Raposa. Nesta quinta-feira (28), o clube mineiro retomou as atividades na Toca da Raposa e Régis realizou o primeiro treino presencialmente com seus companheiros. Em entrevista, o jogador falou que foi muito bem recebido e elogiou o elenco cruzeirense.

 

“Muito feliz com a chegada ao Cruzeiro, um grande clube, que tem uma baita estrutura e dá todo o suporte para o atleta fazer o seu trabalho. Conheci os novos companheiros e fui muito bem recebido por todos. Temos um elenco muito qualificado e uma comissão muito competente. Estou com a expectativa muito boa de que possamos fazer uma grande temporada e comemorar muitas conquistas até o final do ano”, afirmou o meia.

Régis também elogiou os torcedores do Cruzeiro e disse conhecer a paixão que a torcida tem pelo clube. “Sei da paixão e da força que essa torcida tem e vamos precisar muito dela durante o ano. Estando no estádio ou não, a gente sente e a energia do torcedor e vamos fazer a nossa parte dentro de campo, com muita dedicação, vontade. Não vai ter bola perdida e vamos procurar o gol a todo momento para que, juntos, possamos buscar os nossos objetivos”, concluiu.

Régis chegou ao Bahia em 2016, emprestado pelo Sport-PE, após passagem apagada pelo Palmeiras. Na primeira temporada pelo tricolor, marcou 4 gols em 26 jogos. Em 2017, deslanchou e foi peça importante na conquista da Copa do Nordeste, marcando 13 gols em 49 jogos no ano. Acabou sendo envolvido na negociação pelo goleiro Jean e ficou em definitivo no Tricolor.

Em 2018, manteve as boas atuações, atuando 43 vezes e marcando 6 gols, atraindo a atenção do Al-Wehda que pagou para ter o jogador por empréstimo em setembro de 2018 até julho de 2019. Porém, não atuou pela equipe árabe e retornou ao Brasil, sendo emprestado ao Corinthians, atuando apenas sete jogos na temporada passada. Esse ano, Régis atuou apenas dois jogos, contra River-PI pela Copa do Brasil e CSA pela Copa do Nordeste, ambos saindo do banco de reservas, exatos 32 minutos em campo.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*