Criticado por torcedores, Marinho diz que não recebe salários há 4 meses

Marinho respondeu um torcedor nas redes sociais nesta terça

Foto: Divulgação / Santos

Chateado com a diretoria do Santos após corte no salário de até 70%, o atacante Marinho criticou de forma indireta o presidente José Carlos Peres em publicação no Instagram, mas logo em seguida apagou e decidiu desativar o perfil. Porém, voltou a utilizar a rede social nesta terça-feira (19) e acabou sendo ‘atacado’ por torcedores santistas na mesma postagem. Mas o jogador não deixou barato e ao responder um torcedor, revelou que não recebe salários há quatro meses, e afirmou que ainda não saiu “por respeito e por gostar do clube”.

 

Os salários dos jogadores foram cortados sem um acordo entre elenco e diretoria. A proposta dos atletas era para reduzir 30%, mas o clube avaliou que seria necessário aumentar o corte para 70% para garantir o pagamento nos próximos três meses. Os valores atrasados são de direitos de imagem de alguns atletas — entre eles, o próprio Marinho. Os jogadores, portanto, estão recebendo o valor registrado em carteira normalmente, segundo informação do site Globoesporte.

Marinho teve passagem destacada pelo Esporte Clube Vitória em 2016, sendo peça importante na manutenção do Leão na primeira divisão, marcando 21 gols em 43 jogos. Depois foi negociado pelo Cruzeiro com o Changchun Yatai, da China, mas não deslanchou no futebol chinês e retornou ao Brasil para defender o Grêmio. Também não vingou no clube gaúcho e em 2019 acertou sua transferência para o Santos onde reencontrou o bom futebol. Na temporada passada, treinado por Jorge Sampaoli, disputou 28 jogos e anotou 8 gols. Esse ano, porém, segue buscando espaço na equipe titular de Jesualdo Ferreira.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Marinho celebra um ano de Santos: "É igual a relacionamento amoroso"

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*