Com oito atletas de 88, Bobô escala o “time dos sonhos do Bahia”

Bobô foi campeão pelo Bahia como jogador e como treinador

Foto: Reprodução

Raimundo Nonato Tavares da Silva, mais conhecido como Bobô, principal jogador do timaço formado por Evaristo de Macedo que conquistou o bicampeonato brasileiro em 1988, e um dos maiores ídolos da história do Esporte Clube Bahia. Revelado pela Catuense, Bobô foi contratado pelo Bahia em 1984 e permaneceu no clube até 1989. Além do título nacional, foi tricampeão baiano. Sua saída do Bahia ocorreu em 1989, quando foi vendido ao São Paulo por U$ 1 milhão, um valor alto para os padrões da época. Passou ainda por Flamengo e Fluminense. No Tricolor das Laranjeiras, compôs um grande ataque ao lado de Ézio. Ele ainda passou por Corinthians (1993), Internacional (1994) e novamente pela Catuense (1995).

 

Em 1996, aos 34 anos de idade, Bobô voltou ao Bahia com o objetivo de encerrar sua carreira, o que ocorreu no ano seguinte (1997). Bobô ainda voltou ao clube em 2002, desta vez como treinador, e no mesmo ano foi campeão da Copa do Nordeste, comandando um time que tinha no ataque um trio de respeito (Nonato, Robgol e Sérgio Alves). Na final, venceu o arquirrival Vitória.

Em live realizada pelo canal “Sou Mais Bahia”, no Instagram, Bobô escalou o seu “time dos sonhos” do Esporte Clube Bahia. A surpresa ficou para a lateral-direita, que contou com Daniel Alves, escolha questionada por alguns torcedores. Entre os 11, nove atletas fizeram parte do time campeão brasileiro de 88, com exceção do lateral, de Douglas e Beijoca.

No 4-4-2, o time escalado por Bobô tem: Ronaldo; Daniel Alves, João Marcelo, Claudir e Paulo Robson; Paulo Rodrigues, Douglas, Bobô e Zé Carlos; Charles e Beijoca. Técnico: Evaristo de Macedo.

ASSISTA ABAIXO:

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*