Daniel Alves faria um “golaço” jogando pelo Bahia, pelo Nordeste!

"não é nenhum Bobô, Biriba, Beijoca, mas tem lugar em nosso coração"

Foto: Daniel Vorley/Agif/Estadão Conteúdo

Aqui de casa (Gurupi-TO), sem jogos do meu Tricolor de Aço, uma das razões do meu viver. Faz-me pensar, tentando entrever as oportunidades que a vida nos proporciona. Eu, você, já tivemos e ainda teremos momentos em nossas existências, que nos desafiaram e desafiarão para que escolhêssemos qual o tao a seguir. De dois caminhos opostos seguir o que o coração e a razão nos fôssemos levar ao gol das nossas vidas. Nem todas as escolhas resultaram em gols, mas fizemos e fazemos muitos gols, nessa vida. Após toda essa tergiversação, veio-me a mente a figura de um ex-atleta do nosso Esquadrão de Aço, o maior campeão em atividade no futebol mundial, com títulos baianos, regionais e internacionais.

 

Na sua posição não tem igual, grande orgulho para todos nós, não é nenhum Bobô, Biriba, Beijoca, mas tem lugar em nosso coração. Quando nada no meu, apesar de ter feito muito menos que qualquer um deles. Contudo, levou aos quatro cantos do mundo o encanto de ser baiano com mais títulos de que qualquer outro jogador de futebol no nosso planeta. O cara é barril dobrado, e põe dobrado nisso.

Declarou que ama o Bahia, todavia morre de amor pelo time lá do Morumbi. É sabido, que a maioria dos jogadores são talentosos, magníficos com a bola, mas nem tanto com os livros… Cobrá-los um posicionamento político, social é algo que fazemos em vão, pois são frutos da realidade social que vieram, apesar que no caso deste em comento, presume-se ser um Sócrates, um cara instruído, que teve a oportunidade de fazer do time que o gerou para o mundo, algo tão grande quanto um campeonato nacional. Não só o Bahia ganharia com ele em nosso time, mas toda a região tão menosprezada em todos os segmentos da sociedade.

Tenho certeza que com ele em campo e toda um marketing que só nosso clube sabe como fazer, o céu seria o limite. Cem mil sócios-torcedores seria questão de pouco tempo. Ele estaria no mesmo patamar dos nossos grandes heróis tricolores, sem sombras de dúvidas. Mas os amores hoje em dia, não são a prova de verdinhas, o dinheiro fala muito. A mídia de lá é um espelho global, e narciso acha feio o que não é espelho. O narcisista só enxerga a si próprio, não há lugar no seu coração para o outro… Gratidão, respeito, consideração são vocábulos em extinção.

Quem é o Bahia, paro mundo talvez nada, nada ganhou lá fora. Nunca foi campeão do mundo, no entanto, já revelou tantos que ganharam o mundo e ficaram no seu mundinho umbilical. Teve a oportunidade de fazer uma nova história e jogou-a nas águas do rio Tietê, e o místico belo Dique do Tororó logo ali, protegido por todos os Orixás e Santos da Bahia. Que pena Daniel Alves! Como a maioria dos nordestinos, que décadas atrás corriam em busca de uma vida mais digna, lá para as bandas da Terra da Garoa, e por lá construíram o que hoje é Sampa! Saíram por falta de oportunidade àquela época por aqui.

Tu foste para lá, por mera opção, não foste na mesma condição. Mas o mundo é mesmo assim. Mas a gente é desse jeito mesmo, nasce, cresce, ganha o mundo, no entanto, só vemos o nosso próprio mundinho, só nos mesmos, como Narciso, mesmo! Quem sabe se fosse eu não faria a mesmo. Sabe essa coisa, certa, e benéfica de ficar em casa, faz a gente viajar na maionese, não se zangue, comigo não… Quem sou eu para julgá-lo, né mesmo? Nunca ganhei nada a não ser topadas. Você é o cara e eu um mero torcedor enciumado pelo seu amor ao São Paulo. Mas que faria um golaço, jogando pelo Bahêa, pelo Nordeste, faria, se por nós optasse.

Alguém duvida?

Lázaro Sampaio, torcedor do Bahia e amigo do Futebol Bahiano.

 

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Lázaro Sampaio sempre um retardado completo, Daniel Alves jamais retornará ao Bahia em condições físicas pra isso.
    Já declarou que quer encerrar aqui, mas porque não veio e não jogou por 1 ano?
    Porque não vendeu camisa aqui?
    Porque não ajudou o marketing?
    Porque não deu projeção mundial ao time?
    Daniel Alves nunca demonstrou querer jogar, quando foi que visitou o ct, muito menos você viu alguma especulação ou conversa?

    Lázaro Sampaio é eleitor do radade, vive no mundo da lua.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*