Fluminense de Feira oferece CT para atender pacientes com coronavírus

Prefeito de Feira de Santana visitou o local nesta quinta-feira

A cidade de Feira de Santana, onde teve o primeiro caso de coronavírus que foi confirmado na Bahia, segue trabalhando para evitar a disseminação da Covid-19. Engajado nessa luta, o Fluminense de Feira ofereceu o seu centro de treinamento para o atendimento de pacientes caso o número de contaminados com apresentação de sintomas cresça na cidade. Até a noite de ontem, Feira tinha 9 casos confirmados, nenhum por transmissão local.  Assim como aconteceu no Fazendão, no CT do Touro seria instalado 40 leitos para casos de menor complexidade. Nesta quinta-feira (26), o prefeito da cidade, Colbert Martins Filho, fez uma visita ao local para conhecer a infraestrutura e parabenizou a iniciativa do clube e de sua torcida.

 

“O CT do Fluminense de Feira tem toda a estrutura para ser montado um hospital de campanha, caso seja necessário, voltado ao atendimento de baixa complexidade. Uma bela iniciativa do presidente do clube e da sua torcida em prol da população de Feira de Santana. Temos que estar preparados para enfrentar essa doença e principalmente preservar a vida dos feirenses”, completou.

O prefeito aprovou as instalações e destaco que será muito importante no combate à doença. “Uma estrutura muito boa, todos os dormitórios com banheiros e ar-condicionado, que podem ser transformados em leitos com capacidade de atender 40 pessoas, cozinha industrial, lavanderia, cômodos com azulejos, o que facilita a higienização, ou seja, um equipamento que poderá ser muito importante para receber pessoas acometidas por esta doença”, comentou.

Ewerton Carneiro, presidente do Flu de Feira, relatou que o objetivo do clube é dar apoio para a população cidade. “Sou morador desta cidade e como todo cidadão acredito que devo dar minha parcela de contribuição. E o que eu puder fazer enquanto dirigente do Fluminense e deputado estadual estarei fazendo, pois nossa preocupação é a saúde dos feirenses”, defendeu.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*