CBF cogita antecipar férias dos jogadores, afirma presidente do Sport-PE

Diversos estados da Região Nordeste paralisaram os campeonatos estaduais de futebol devido ao novo coronavírus. São eles: Alagoas, Sergipe, Pernambuco e Maranhão. Os Campeonatos Paulista e Mineiro foram paralisados por tempo indeterminados. Carioca e Gaúcho por agora apenas por 15 dias. As competições promovidas pela CBF, inclusive a Copa do Brasil, segue na mesma linha e por último, nesta terça-feira, teremos a confirmação que a Copa do Nordeste será paralisada sem data prevista para recomeçar, justamente quando entraria na sua fase decisiva. Os campeonatos que não foram paralisados terão seus jogos sem presença de público, entre eles estão o Baiano e Cearense. As Copas Libertadores e Sul-Americana, este com o Esporte Clube Bahia envolvido, estão suspensos já de primeiro momento do vírus.

 

Como sabemos o calendário de futebol é uma autêntica bagunça com torneios se amontoando com jogos uns em cima dos outros, especialmente para abrir espaço para os imprestáveis campeonatos estaduais será complexo entender como será feito a rearrumação após a tempestade se dissipar sem que traga prejuízo significativo por falta de data em um calendário apertado.

A maior dificuldade agora da CBF é não saber qual o período de paralisação dos jogos. A entidade já trabalha com alternativas. A princípio, não vai estabelecer uma prioridade para o Brasileiro. A questão é justamente saber quantas datas foram perdidas para saber se será possível concluir todas as competições, ou refazer fórmulas.

Já o  presidente do Sport-PE Milton Bivar em entrevista ao site superesporte ontem à noite ventilou a possibilidade da CBF antecipar as férias dos jogadores tradicionalmente concedidas em dezembro. Segundo BIVAR, se tal fato acontecer, teria de ser em comum acordo com as federações estaduais para não desequilibrar o calendário brasileiro.

“Tem que primeiro vir um posicionamento da CBF. Antecipar as férias de dezembro é uma solução que está se pensando. Então tudo bem, sai todo mundo de férias e vamos embora”, disse. Quando perguntado de onde partiu essa antecipação, garantiu que a CBF que está conversando sobre o assunto, porém, ainda sem oferecer detalhes adicionais.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*