Carlos Amadeu fala sobre preparação para torneios e paralisação no futebol

Carlos Amadeu assumiu o time sub-20 do Esporte Clube Bahia

Anunciado pelo Esporte Clube Bahia no início de fevereiro como novo treinador da equipe sub-20 para ocupar o lugar de Pablo Fernandez, o técnico Carlos Amadeu falou sobre a interrupção na preparação visando o Campeonato Baiano e a Copa do Brasil da categoria em razão da pandemia do coronavírus. O treinador admite que a pausa nos trabalhos trará prejuízos no desempenho do time no início, mas entende que a suspensão dos campeonatos é por uma boa causa e frisou que a saúde está acima de tudo. No entanto, ele espera que tudo volte ao normal o quanto antes, se não iremos ter um impacto muito grande na economia mundial.

 

“Estávamos finalizando a preparação para iniciar duas competições importantes, que era a estreia na Copa do Brasil sub-20 e interrompemos nosso treinamento um dia antes de viajar para jogar contra o Fluminense do Piauí, e depois, dia 28, estrearíamos no estadual. São duas competições que não sabemos o que irá acontecer. Imaginamos que teremos um longo período sem treino e jogos. Isso vai prejudicar, com certeza o desempenho no início”, comentou o técnico.

“Eu imagino que a gente vá ter um prejuízo na nossa preparação, mas acima de tudo está a saúde. O momento é muito importante de suspender mesmo o treinamento, evitar viagens, aeroportos. Mas ao mesmo tempo eu acho que é muito importante a gente já começar a planejar e reorganizar de como iremos voltando aos poucos, se não iremos ter um impacto muito grande na economia mundial mesmo”, finalizou.

Carlos Amadeu tem enorme experiência com divisões de base e conquistas importantes. O treinador, de 54 anos, é natural de Salvador e começou no Vitória entre 1992 e 1995. Retornou para a Toca do Leão em 2009. Ele trabalhou em todas as categorias de base do Leão e ganhou notoriedade no Sub-20, quando conquistou diversos títulos, entre eles o da Copa do Brasil de 2012. Ele já teve uma passagem pelo Bahia no início dos anos 2000.

Após se destacar na base do Vitória, o treinador foi liberado em 2015 após proposta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ele teve o seu contrato suspenso temporariamente e tirou uma licença não remunerada. No seu período nas divisões de base da Seleção Brasileira, Carlos Amadeu foi campeão sul-americano Sub-17 e terceiro colocado no Mundial da categoria, em 2017. Ele assumiu o Sub-20 no início de 2018, porém, não teve o mesmo sucesso e acabou sendo dispensado.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*