Dado Cavalcanti fala sobre afastamento do atacante Caíque

"É jovem, tem futuro, mas não podemos ser coniventes"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O atacante Caíque ficou de fora do jogo do último domingo (09) contra o Jacobina, no Estádio Municipal José Rocha, pela 5ª rodada do Campeonato Baiano, que terminou com triunfo do Esporte Clube Bahia por 3 a 1 de virada. De acordo com informação do repórter Danilo Ribeiro, da TV Bahia, a diretoria tricolor barrou o jogador por ter se recusado a fazer o aquecimento na partida anterior, contra o Jacuipense, em que Fernandão foi titular. A assessoria de comunicação do Bahia confirmou a ausência do atacante por “questões disciplinares”, porém, não citou os motivos. O jogador segue afastado por tempo indeterminado e seu trabalho será resumido a parte física. O técnico Dado Cavalcanti falou sobre o assunto.

 

“Já tive várias conversas com Caíque. As portas estão abertas para Caíque e a qualquer outro jogar que cometa deslize. É necessário ter o entendimento. É jovem, tem futuro, mas não podemos ser coniventes com a criação de uma personalidade que a gente espera para um atleta profissional. A instituição pede essa responsabilidade. Antes de ser treinador, sou professor. Tenho obrigação de mostrar os caminhos e às vezes puxar a orelha. Quando ele mostrar que tem condição de estar conosco, vai estar com certeza”, indicou.

Com o triunfo sobre o Jacobina, a equipe de transição do Bahia lidera o Campeonato Baiano, com 11 pontos conquistados, três a mais que Vitória e Atlético de Alagoinhas que duelam no dia 15, no Estádio Manoel Barradas. No próximo dia 1º de março, o desafio será contra o Vitória, no Barradão.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*