Bahia foi o segundo melhor time na 1ª fase da Copa Sul-Americana

Esquadrão aplicou 6 a 1 no Nacional e ficou atrás somente do Liverpool-URU

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Nesta quinta-feira (27), três jogos finalizaram a primeira fase da Copa Sul-Americana, com destaque para o duelo entre Fortaleza e Independiente-ARG na Arena Castelão, que registrou o triunfo do time cearense por 2 a 1, porém, com o gol sofrido aos 47 minutos do segundo tempo dentro de casa, o Leão do Pici acabou eliminado quando aplicado o critério de desempate do gol qualificado, marcado na casa do adversário, já que na ida o tima argentino venceu por 1 a 0. O Fortaleza se juntou a Atlético-MG, que foi despachado pelo Unión Santa Fé, e Fluminense que parou no Unión La Calera, além do Goiás perdeu os dois jogos por 1 a 0 para o Sol de América, do Paraguai, todos eliminados precocemente no torneio internacional.

 

Com isso, apenas dois clubes brasileiros seguem vivos na Sul-Americana 2020. Vasco da Gama, que eliminou o Oriente Petrolero em São Januário após vencer por 1 a 0 e empatar na partida de volta por 0 a 0, e o Esporte Clube Bahia despachou o Nacional-PAR com o placar agregado de 6 a 1, ao vencer por 3 a 0 na Fonte Nova e aplicar 3 a 1 no Paraguai. Com a vaga, o Esquadrão – que já havia embolsado R$ 1.262.340,00 pela participação na primeira fase – faturou mais R$ 1.577.920,00, chegando a um total de R$ 2.840.260,00.

A segunda fase da Copa Sul-Americana irá reunir 32 equipes, sendo 22 classificados da primeira fase e mais 10 equipes procedentes da Libertadores. Com 6 pontos somados e saldo de cinco gols (6 x 1), o Esquadrão se garante entre os seis times de melhor desempenho na fase inicial da Sul-Americana que irão se juntar aos 10 times eliminados da Copa Libertadores (contando oito terceiros colocados da fase de grupos e mais dois times eliminados na terceira fase preliminar). No pote 2, as 16 demais equipes classificadas. Desta forma, o Tricolor Baiano escapa de enfrentar na segunda fase times provenientes da Libertadores. Algoz do Bahia na edição de 2019, o Liverpool do Uruguai foi o time com melhor desempenho na primeira fase, vencendo o Llaneros por 2 a 0 fora de casa e 5 a 0 em casa (7 a 0 no agregado).

RESULTADOS DA PRIMEIRA FASE

Vasco 1 x 0 Oriente Petroleto
Oriente Petroleto 0 x 0 Vasco

Unión Santa Fé 3 x 0 Atlético-MG
Atlético-MG 2 x 0 Unión Santa Fé

Bahia 3 x 0 Nacional-PAR
Nacional-PAR 1 x 3 Bahia

Sol de América 1 x 0 Goiás
Goiás 0 x 1 Sol de América

Fluminense 1 x 1 Unión La Calera
Unión La Calera 0 x 0 Fluminense

Independiente 1 x 0 Fortaleza
Fortaleza 2 x 1 Independiente

Coquimbo Unido 3 x 0 Arágua
Arágua 1 x 0 Coquimbo Unido

Zamora 1 x 0 Plaza Colonia
Plaza Colonia x Zamora

Nacional Potosí 0 x 2 Melgar
Melgar 0 x 2 Nacional Potosí (pênalti: 4 x 3)

Atlético Grau 1 x 2 River Plate-URU
River Plate-URU 1 x 0 Atlético Grau

Fénix 1 x 0 El Nacional
El Nacional 2 x 2 Fénix

Atlético Nacional 3 x 0 Huracán
Huracán 1 x 1 Atlético Nacional

Mineros de Guayana 2 x 3 Sportivo Luqueño
Sportivo Luqueño 2 x 2 Mineros de Guayana

Vélez Sarsfield 1 x 0 Aucas
Aucas 2 x 1 Vélez Sarsfield

Millonarios 2 x 0 Always Ready
Always Ready 1 x 0 Millonarios

Lanús 3 x 0 Universidad de Quito
Universidad de Quito 2 x 0 Lanús

Deportivo Cali 2 x 1 River Plate-PAR
River Plate-PAR 1 x 3 Deportivo Cali

Argentinos Juniors 1 x 1 Sport Huancayo
Sport Huancayo 0 x 0 Argentinos Juniors

Huachipato 1 x 0 Deportivo Pasto
Deportivo Pasto 0 x 1 Huachipato

Real Garcilaso 2 x 0 Audax Italiano
Audax Italiano 3 x 0 Real Garcilaso

Llaneros 0 x 2 Liverpool-URU
Liverpool-URU 5 x 0 Llaneros

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*