Palmeiras inclui ex-Bahia em negociação por lateral do Cruzeiro

Guerra defendeu o Bahia na temporada passada

Foto: Divulgação / Palmeiras

O meia Alejandro Guerra, que teve uma passagem apagada pelo Esporte Clube Bahia na temporada passada atuando 18 vezes e marcando um gol, segue com futuro indefinido. O agente do venezuelano é aguardado nos próximos dias na Academia de Futebol Alviverde para resolver a situação do atleta. De acordo com informação do Fox Sports, o clube paulista cogita incluir Guerra junto com Jean na troca com o Cruzeiro pelo lateral Orejuela. O meia Agústin Allione, ex-Bahia, também foi cotado como moeda de troca, mas não agradou. Vale lembrar que Guerra chegou a ser sondado pelo Coritiba no final de 2019, porém, o Palmeiras pretendia negociar com o jogador em definitivo e esfriou o interesse do Coxa que sinalizou com um empréstimo. De acordo com o repórter Tossiro Neto, o jogador segue aguardando uma proposta de algum clube da primeira divisão brasileira.

 

Em entrevista à ESPN, o diretor-executivo do clube mineiro, Ocimar Bolicenho, confirmou com a possibilidade de uma troca envolvendo Orejuela por Guerra e Jean. O dirigente, no entanto, afirmou que ainda não há nada formalizado oficialmente. “Não tem nenhuma proposta oficial do Palmeiras pelo Orejuela. A gente pode até ter trocado uma ideia sobre este ou aquele nome, mas não tem nada oficial. O fato é que, no momento, não tem nenhuma operação oficialmente em andamento para a vinda de Guerra e Jean. São conversas que não são oficiais, mas eu te diria que não tem nada”, disse.

Bancado pela Crefisa que pagou US$ 3,7 milhões (cerca de R$ 11,7 milhões, na cotação da época) da Crefisa, Alejandro Guerra chegou ao Palmeiras em 2017 com a pompa de ter sido melhor jogador da Copa Libertadores do ano anterior vestindo a camisa do Atlético Nacional, porém, não vingou pelo clube paulista e sofreu com as lesões nas últimas temporadas. Em 2017, fez 38 jogos e marcou 7 gols. Em 2018, pouco entrou em campo, passou 4 meses se recuperando e quando entrou foi saindo do banco. Jogou 23 partidas e anotou apenas um gol. Ao todo, marcou oito gols em 62 partidas. No Bahia, foram apenas 18 jogos e um gol marcado.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Bahia recusa proposta de clube dos Estados Unidos por Gregore

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*