Dos quatro jogadores que retornam, apenas um deve seguir no Vitória

Fabino, Neilton e Yago seguem com situação indefinida

Foto: Divulgação / EC Vitória

O Esporte Clube Vitória segue trabalhando para definir a situação dos jogadores que retornaram de empréstimo e tiveram seus contratos reativados no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Dos quatro atletas que voltam, apenas um deve seguir no clube, o goleiro Endrio, de 19 anos, que estava emprestado ao América-RN e vai reforçar o time sub-23 do Leão no Campeonato Baiano. Os outros três seguem com futuro indefinido, porém, é quase certeza que não permanecem. O lateral Fabiano, o meia Yago e o atacante Neilton. Os casos dos dois últimos citados são mais complexos, já que têm salários altos e fora da nova realidade do clube. Goiás e Fluminense fizeram sondagens por Yago, enquanto Neilton, após passagem apagada pelo Inter, é alvo do futebol japonês. O atacante Léo Ceará, que atuou no CRB emprestado até o final da Série B, será incorporado ao grupo de Geninho.

 

Neílton viveu altos e baixos, e só teve mais chances com o técnico Zé Ricardo. No entanto, não convenceu, participou de 28 partidas e marcou apenas um gol. Com o salário considerado alto para o padrão atual estipulado pelo Vitória na Série B, o clube baiano não pretende utilizar o jogador no próximo ano, portanto, seria vantajoso uma negociação para o exterior, seja um empréstimo com valor fixado ou em definitivo. Com 24 anos, o atacante disputou 56 partidas pelo Vitória na temporada 2018 e marcou 21 gols. Foram sete em 32 jogos no Brasileiro, mais sete em 12 jogos no Baiano, quatro em sete partidas pela Copa do Brasil e três em cinco jogos pela Copa do Nordeste.

O mesmo acontece com o lateral-esquerdo Fabiano. Ele tem contrato até o final de 2020 e passou este ano emprestado ao Coritiba, que não teve interesse em renovar com o atleta. Fabiano foi envolvido na troca pelo meio-campista Ruy que não ficou no Leão. Ele atuou apenas 12 partidas pelo Rubro-Negro em 2018 e esse ano foi emprestado ao Coritiba, onde atuou 21 jogos. Já Ruy fez 22 partidas pelo Vitória e marcou um gol, mas não vai ficar e deve voltar ao Coxa. Fabiano chegou ao Vitória em setembro de 2018, para o segundo turno da Série A. Atuou em 12 partidas do Brasileirão, marcou um gol e fez duas assistências. Revelado pelo CENE (MS), o jogador defendeu São José (RS), XV de Piracicaba (SP), Mirassol (SP), Itumbiara (GO), Remo (PA) e Água Santa (SP).

Yago, por sua vez, foi titular do time do Coritiba comandado por Ney Franco e disputou 30 jogos, marcou dois gols e deu duas assistências. Com passagens pelas bases de Flamengo, Espanyol, Botafogo no início da carreira, Yago se destacou pelo Figueirense. No time catarinense, atuou de 2012 até 2017, quando acertou com o Vitória. Em 2017, marcou 4 gols em 28 partidas. Em 2018, foram 47 jogos e 9 gols, chegando a ser cogitado no Flamengo. Em 2019, atuou 14 vezes e marcou 2 gols, antes de ser emprestado ao Goiás, onde atuou 30 jogos e marcou 2 gols. Ao todo pelo Vitória, o meia disputou 89 partidas e marcou 15 gols. Ele é alvo do Fluminense.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*