Vice-presidente do Bahia fala sobre possível saída de Diego Cerri

"Um convite do Palmeiras balança qualquer profissional", disse

Foto: Felipe Oliveira /Divulgação/EC Bahia

Na última semana, surgiram várias notícias sobre a possível saída do diretor Diego Cerri, do Bahia, para assumir o futebol do Palmeiras na temporada 2020, em substituição a Alexandre Mattos, demitido após derrota para o Flamengo por 3 a 1 no Allianz Parque na penúltima rodada. Alguns site cravam o acerto próximo do dirigente com o clube paulista, colocando também Rodrigo Caetano, hoje no Internacional, como um dos cotados. Neste domingo, em entrevista à Rádio Metrópole em Fortaleza, o vice-presidente do Esquadrão, Vitor Ferraz, falou sobre o assunto e afirmou que até o momento Cerri segue no tricolor, é claro, não descartando uma saída, mas caso aconteça, garantiu que o Bahia vai estar pronto para suprir a perda do profissional que está no Esquadrão desde 2016, contratado ainda na gestão do ex-presidente Marcelo Sant’Ana.

 

“Diego Cerri, até o momento, segue conosco como diretor. Se houver qualquer mudança, a gente vai estar pronto para, o mais rápido possível, suprir a posição. Qualquer informação é muito na base da especulação. A gente prefere aguardar um desfecho. A gente sabe que um convite de um clube como o Palmeiras é um convite que qualquer profissional se sente lisonjeado, balança qualquer profissional. A gente aguarda, não nos cabe interferir. Nosso diálogo é muito franco, a gente tem uma relação muito boa. É aguardar para ver o que vai acontece e agir de acordo com as circunstâncias”, afirmou.

LEIA MAIS

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*