Roger não joga toalha para Libertadores: ‘Matematicamente, há possibilidade’

"Precisamos fazer a nossa parte e torcer", disse o treinador do Bahia

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia amargou nove jogos sem sentir o sabor do triunfo, mas neste domingo finalmente encerrou o jejum ao vencer o CSA por 2 a 1 no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Com o resultado, o Esquadrão chega aos 48 pontos e se mantém no 11º lugar, há um ponto de distância para Goiás e Fortaleza que aparecem acima na tabela de classificação, e cinco pontos para o Corinthians, 8º colocado. Apesar de chance quase nula de conquistar uma vaga na pré-Libertadores, o técnico Roger Machado ainda não jogou a toalha e frisou que “matematicamente, há possibilidade”.

 

“Matematicamente, há possibilidade. Precisamos fazer a nossa parte e torcer para que resultados paralelos aconteçam. Hoje atingimos a mesma pontuação do ano passado. Tem a possibilidade de fazer mais seis pontos, confirmando a vaga na Sul-Americana e podendo ainda sonhar com a Libertadores, mas acima de tudo terminar com a melhor campanha da história do clube (nos pontos corridos), de pontuação e de colocação. Esse é o nosso desejo”, disse o treinador.

O treinador comemorou bastante o triunfo, principalmente pelo fato de ter jogado com um jogador a menos devido expulsão do volante Ronaldo. Hoje era muito importante que nós deixássemos para trás essa sequência de resultados negativos. A gente fez um jogo, parte dele, muito bom. Depois, com um jogador a menos, a gente mudou um pouco a estratégia. O fim da má fase veio dessa forma. Hoje o importante era vencer”, comentou.

O próximo compromisso do Esporte Clube Bahia é na quinta-feira (05/12), contra o Vasco da Gama, às 19h15, na Arena Fonte Nova. A despedida do Esquadrão no Campeonato Brasileiro será no próximo domingo, dia 8, às 16h, contra o Fortaleza, na Arena Castelão.

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Volante desfalca o Bahia no jogo contra o Vasco na Fonte Nova

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*