“O trabalho está finalizando com sentimento de que poderia ter sido diferente”

"As avaliações serão feitas para que a gente não erre"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Após vencer o CSA fora de casa, o Esporte Clube Bahia voltou a decepcionar o seu torcedor nesta quinta-feira. Diante de mais de 25 mil torcedores, o Esquadrão ficou no empate amargo em 1 a 1 contra o Vasco da Gama, no último jogo em Salvador no ano, acumulando OITO jogos sem vencer em casa no Brasileirão, sendo três derrotas (Athletico-PR, Ceará e Internacional) e cinco empates (São Paulo, Chapecoense, Palmeiras, Atlético-MG e Vasco). Com o empate, o Esporte Clube Bahia perdeu ótima chance de assumir o 9º lugar, porém, chegou apenas aos 49 pontos, ficando no 11º lugar, atrás de Fortaleza e Goiás, ambos também com 49. Após a partida, o técnico Roger Machado falou sobre a queda de rendimento do time no segundo turno, admitiu frustração e frisou que o trabalho vai finalizando com o sentimento de que poderia ser diferente, com a tão sonhada vaga na Libertadores.

 

“Porque nós tivemos uma queda técnica em que, coletivamente, a gente deixou de produzir quando boa parte dos jogadores que foram decisivos tiveram uma queda. Gilberto voltou a marcar depois de nove jogos. Jogadores que estavam sendo decisivos tiveram queda natural, mas muitos acumularam momento ruim na competição no mesmo momento. Minha culpa foi tentativa de, em alguns momentos, soltar mais o time, em função de, dentro de casa, principalmente contra adversários mais fechados, a gente não produzir o suficiente para vencer. Deixando time mais leve, momento em que a gente acabou tomando mais gols. Tomamos três gols, dois, e a gente vinha sofrendo pouco”, disse.

“A gente fortaleceu novamente, que foi a formação que nos deu a maior parte das vitórias até este momento, associada ao mau momento de alguns atletas, faz com que se tenha uma queda, que foi maior do que imaginava, já que 70% da competição a gente fez bem. Mesmo assim, estamos chegando na última rodada com possibilidade de vencer e ter melhor campanha. Com a queda no final, o torcedor fica frustrado, aparentemente o trabalho está finalizando com sentimento de que poderia ter sido diferente. Mas é o futebol. As avaliações serão feitas para que a gente não erre novamente nos próximos momentos.”, finalizou.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*