No Vitória, Alisson Farias pode reeditar parceria que deu certo no CRB

Alisson Farias e Léo Ceará formaram ótimo ataque no clube alagoano

Foto: Gustavo Henrique/CRB

Após um ano de muito sofrimento, especialmente na Série B onde brigou do início ao fim contra o descenso, o Esporte Clube Vitória quer fazer um ano de 2020 diferente. Para isso, precisou de uma reformulação geral. Dezessete jogadores deixaram o clube (Matheus Rocha, Everton Sena, Ramon, Capa, Bruno Bispo, Dedé, Zé Ivaldo, Chiquinho, Marciel, Ruy, Felipe Gedoz, Léo Gomes, Baraka, Lucas Cândido, Wesley, Anselmo Ramon, Caíque), apenas sete renovaram (Van, Gabriel Bispo, Felipe Garcia, Romisson, Jonathan Bocão, Thiago Carleto e João Victor) e outros da divisão de base foram promovidos ao elenco principal. Mas é claro, também virão os reforços para qualificar o time de Geninho. Até aqui, três foram anunciados, com destaque para o meia-atacante Alisson Farias, destaque do CRB na Série B 2019, e contratado em definitivo com o Leão desembolsando R$ 300 mil na aquisição de 60% dos direitos econômicos e assinando por dois anos.

 

Aos 23 anos e vivendo seu melhor momento na carreira, Alisson Farias certamente chega para vestir a camisa rubro-negra e jogar, e possivelmente para reeditar uma parceria que deu muito certo pelo CRB. Apresentado no mesmo dia que o meia-atacante no CRB, Léo Ceará estava emprestado ao clube alagoano e com o fim do empréstimo retorna para reforçar o Vitória. Foram 14 gols em 32 jogos pelo Galo. Ambos podem atuar juntos no ataque do Leão.

Alisson é formado na base do Internacional (RS) e jogou no profissional do time gaúcho entre os anos de 2015 e 2016. Passou pelo futebol português nos anos de 2016 e 2017 atuando pelo Estoril Praia, de Portugal, e retornou ao Brasil ainda em 2017 para jogar pelo Criciúma (SC). Jogou depois no Brasil de Pelotas (RS) e Coritiba (PR). Atacante veloz, bom repertório de dribles, que busca o enfrentamento de um contra um, e com bom aproveitamento nas finalizações, Alisson Farias jogou 34 das 38 partidas do CRB no Brasileiro e marcou seis gols. Com oito assistências, ele ficou em 2º na Série B ao lado de Elvis, do Oeste. Ele só perde para Claudinho, do Bragantino, que teve 11.

Nos 34 jogos como titular do CRB, Alisson marcou seis gols, sendo o 3º maior goleador do CRB (o primeiro foi Léo Ceará, com 14). Deu 8 assistências para gols, ficando em em 2º neste fundamento na Série B. Foram 842 passes certos (5º melhor do CRB e 66º na Série B), além de 30 dribles certos (Foi líder do CRB e 7º da Série B). Ele também teve 24 finalizações certas (Ficou em 2º no CRB. Foi 17º na Série B).

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*