Gerente de negócios do Bahia revela recorde de vendas com novos uniformes

busca intensa pelos novos mantos do Esquadrão na loja do clube

Foto: Divulgação/Bahia

Apesar do final de ano melancólico com a queda de rendimento no segundo turno do Campeonato Brasileiro que destruiu o sonho de disputar a Copa Libertadores em 2020, o Esporte Clube Bahia alcançou um recorde no primeiro dia de vendas dos novos uniformes do clube. A procura pelas novas camisas é intensa, tanto na loja física do clube, quanto através da Internet. Para termos uma ideia, apenas nesta última sexta-feira (13), o arrecadamento representa cerca 36% do que geralmente é vendido durante um mês inteiro. Gerente de negócios do Esquadrão, Sérgio Chamadoira explicou o sucesso e destacou que a camisa oficial é o item mais vendido. Os valores dos novos uniformes variam entre R$ 219,99 (linha masculina), R$ 209,99 (linha feminina) e R$ 99 (kit infantil). A camisa popular, de R$ 100, ainda não foi lançada.

 

“Sexta-feira batemos o faturamento recorde da loja do Esquadrão. A maior arrecadação, com certeza. Temos uma expectativa grande para o final de semana. Nosso Natal já começou. Destaque incrível para o e-commerce. Tivemos quase 90 mil acessos ao nosso site. A camisa oficial é o item mais vendido. Na loja física, o destaque foi para a média de acessos, quatro vezes maior que a média diária. Representa 36% do que vendemos no mês. Foi um dia bastante significativo”.

A maioria dos torcedores preferem a camisa sem o patrocínio máster, no entanto, diferente do primeiro lote, o próximo já deverá contar novamente com o patrocinador principal do clube para 2020, segundo Sérgio Chamadoira. A expectativa é de que uma renovação de contrato com a Dular seja oficializada. “O primeiro lote não tínhamos assinado o patrocínio master. Depois, a tendência é que venha o patrocínio”, disse o gerente que também destacou as melhorias no material da camisa.

“A gente fez um incremento de tecnologia na nossa camisa. Voltamos para o escudo bordado, que a torcida vinha pedindo muito. O tecido que fica na frente da camisa, a gente melhorou. É um tecido mais elástico. O pessoal está gostando muito”.

Vale lembrar que os novos uniformes do Bahia foram desenhados por um torcedor, que venceu a votação realizada na internet. Sérgio Chamadoira valorizou o concurso.“Quando fazemos o concurso, valorizamos a torcida, abrindo democraticamente de sugerirem. Não só fazer a camisa, mas que escolham. E a gente consegue também criar banco de dados que podemos usar. Pegamos a camisa que era finalista da categoria 3 e pescamos para ser a camisa de goleiro. Vai chegar uma camisa azul, que é original, uma cinza e uma laranja”.

 

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*