Definido o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes

Ex-time de Jorge Jesus, Al-Hilal enfrenta o Flamengo na terça-feira

Com o técnico Jorge Jesus e os jogadores Flamengo como espectadores nas arquibancadas do Estádio Jassim Bin Hamad, o Al-Hilal venceu o Esperánce pelo placar de 1 a 0 na tarde deste sábado (14), com belo gol do atacante Gomis, aos 27 minutos do segundo tempo. Com isso, o time da Arábia Saudita, que já foi treinado por Jorge Jesus, será o adversário do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes da FIFA, realizado no Qatar. O duelo acontece na terça-feira (17/12), às 14h30, no Estádio Internacional Khalifa, também conhecido como Estádio Nacional, localizado em Doha, no Qatar. O Al-Hilal ainda teve o jogador Mohamed Kanno expulso nos minutos finais, ou seja, desfalque para enfrentar o Rubro-Negro Carioca.

 

O outro semifinalista, sairá do confronto entre Monterrey e Al-Sadd que se enfrentam logo mais às 14h30. Quem avançar, enfrenta o Liverpool em jogo agendado para quarta-feira (18), às 14h30, no Estádio da Cidade da Educação.

O Al-Hilal conta com o meia brasileiro Carlos Eduardo, com passagens por Desportivo Brasil-SP, Fluminense, Ituano e Grêmio Barueri. Fora do Brasil, defendeu Estoril Praia e Porto, ambos de Portugal, Nice da França, e atua no Al-Hilal desde 2015. Outro jogador conhecido do time é o ex-flamenguista Gustavo Cuéllar, que soma passagens por Deportivo Cali e Junior Barranquilla antes de chegar ao Flamengo, onde jogou de 2016 até meados de 2019, com 171 partidas e 2 gols marcados.

O Al-Hilal chegou ao Catar credenciado pelo título da Liga dos Campeões da Ásia, conquistado diante do Urawa Reds, da Coreia do Sul. No torneio continental, são três conquistas (1991, 2000 e 2019). Já no Campeonato Saudita, a equipe levantou a taça 15 vezes, sendo o maior campeão do torneio.

Na competição asiática, o Al-Hilal foi o líder do Grupo C, com 13 pontos ganhos. Para chegar até a final, os sauditas tiveram que passar pelo Al-Ahli e Al-Ittihad, ambos da Arábia Saudita, nas oitavas e quartas-de-final, respectivamente. Na semifinal, eliminou o Al Sadd, do Catar, com uma vitória na partida de ida, por 4 a 1, e uma derrota no jogo de volta, por 4 a 2. Já na decisão, foram duas vitórias contra o Urawa Reds, que resultou em 3 a 0 na soma dos resultados dos dois jogos.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*