“Ano muito gratificante individualmente e coletivamente”, diz meia do Vitória

"Esse grupo mostrou que é capaz", disse o jogador

O Esporte Clube Vitória se despediu da Série B da mesma forma que começou: perdendo. Na tarde deste sábado (30), o Leão perdeu de virada para o Coritiba por 2 a 1 no Estádio Manoel Barradas, pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Anselmo Ramon abriu o placar para o Leão aos 47 minutos do primeiro tempo após bom passe de Eron. Wanderley, duas vezes, aos 15 e 31 minutos do segundo tempo, decretou o triunfo que garantiu o acesso do Coxa. O Rubro-Negro Baiano encerra a Série B 2019 na 12ª colocação com 45 pontos, 11 vitórias, 12 empates e 15 derrotas.

 

Após a partida, o meia Felipe Gedoz elogiou o grupo e disse ter sido um ano “muito gratificante individualmente e coletivamente”. Porém, lamenta a recuperação tardia que não permitiu ao Leão brigar pelo acesso, mas apenas se livrar do rebaixamento para Série C.

“Um ano muito gratificante individualmente e coletivamente. Esse grupo mostrou que é capaz. Mostramos tarde. Fica um pensamento, lição positiva desse grupo, que lutou até o final. Sabia que era um jogo difícil contra uma equipe que estava brigando pelo acesso. É agradecer a todo mundo que estava com a gente nas horas ruins e boas. Esse grupo merece, que com toda dificuldade que a gente passou, superou os obstáculos. Infelizmente, não foi tudo que todo mundo queria. Fica lição positiva”, disse Gedoz.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*