Ronaldo Fenômeno elege zagueiro argentino como o mais duro que enfrentou

“Acredito que o Ayala foi o que mais me deu trabalho"

O atacante já abandonou o futebol já um tempo considerável. Depois se transforme em empresário e investidor no ramo do futebol comprando o clube Valladolid, clube que disputa a primeira divisão do futebol espanhol. De acordo informações da época, o ex-jogador brasileiro desembolsou cerca R$ 141 milhões por 51% – o suficiente para tornar-se dono do Valladolid. Mesmo afastando, o jogador continua sendo destaque na imprensa mundial. Nesta segunda em entrevista ao jornal italiano Gazzetta Dello Sport, Ronaldo Fenômeno escolheu o zagueiro que mais dificultou seu estilo de jogo durante sua carreira.

 

Para Ronaldo, o zagueiro que mais o incomodava e que mais dificultava seu jogo era Roberto Ayala, argentino que “perseguia” o brasileiro dentro de campo. “Acredito que o Ayala foi o que mais me deu trabalho. Cada vez que nos enfrentávamos, ele me ameaçava e jogava no limite. Eu só tentava me defender”, afirmou o Fenômeno.

Ayala foi um zagueiro com renome internacional, jogando por importantes equipes da Europa. Passou por Napoli e Milan, onde rivalizou com Ronaldo, ex-jogador da Inter de Milão, entre 1997 e 2000. Depois, se transferiu para a Espanha, em 2002. Por lá, atuou no Valencia, enquanto o brasileiro era atleta do Real Madrid.

Segundo Ronaldo, os embates com o argentino eram quentes e provocativos. Na entrevista, dissertou sobre um episódio que aconteceu no clássico de Milão, entre Inter e Milan, em 1999.

“No começo do jogo, ele me disse que iria quebrar os meus dentes. Fui ameaçado de inúmeras formas e na primeira dividida saltei com o braço esticado para me proteger. O Ayala usou a malandragem e fingiu que tomou um soco no rosto. O árbitro não me escutou e acabei expulso”, contou o ídolo brasileiro.

Deixe seu comentário

5 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*