Bahia volta a vacilar em casa, toma virada do Ceará e não entra no G-6

Esquadrão agora terá um confronto de seis pontos contra o Inter

Fots: Felipe Oliveira / EC Bahia

A 27ª rodada começou excelente para o Esporte Clube Bahia com as derrotas de Grêmio (2 x 1 para o Fortaleza) e Corinthians (2 x 1 para o Cruzeiro) ambos no sábado, além do revés do Internacional por 1 a 0 contra o Vasco no domingo. Tudo conspirou a favor do Esquadrão que só precisava fazer sua parte nesta segunda-feira, contra o Ceará, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. No entanto, o time de Roger Machado voltou a vacilar atuando em Salvador, assim como aconteceu contra Athletico e São Paulo. Sem apresentar um futebol vistoso, muito pelo contrário, o Tricolor até saiu na frente com Artur de cabeça, mas em 10 minutos tomou uma virada surpreende do Vozão com dois gols do zagueiro Luiz Otávio e acabou sendo derrotado por 2 a 1, decepcionando o torcedor que foi ao estádio apoiar o time. Com o resultado, o Bahia segue com 41 pontos na oitava colocação.

 

Em um primeiro tempo fraco e sem emoções, o Bahia encontrou muita dificuldade e nada produziu apesar da posse de bola, enquanto o Ceará atuando no contra-ataque criou a melhor chance da etapa inicial em falta de João Lucas exigindo boa defesa de Douglas. O Esquadrão voltou do intervalo com Marco Antônio no lugar de Guerra, mas o time seguiu improdutivo. Por outro lado, o Vozão voltou mais perigoso e dominou os primeiros minutos, dando sustos na defesa tricolor e por muito pouco não balançando a rede.

Roger então convocou Arthur Caíke e Fernandão, sacando Élber e Gilberto. O jogo ficou mais equilibrado e o Tricolor Baiano passou a pressionar, ainda que sem aquela agressividade esperada pelo torcedor que lotou o Estádio de Pituaçu. No entanto, mesmo sem apresentar um futebol vistoso, aos 30 minutos, Marco Antônio cobrou falta na cabeça do baixinho Artur que testou no canto e abriu o placar para o Esquadrão. Precisando da vitória para deixar o Z-4, o Ceará foi para o tudo ou nada e esbarrou no goleiro Douglas aos 34, no entanto, aos 39 o Vozão chegou ao empate com gol de cabeça do zagueiro Luiz Otávio e virou novamente com Luiz Otávio no último minuto do jogo.

O Bahia enfrentou o Ceará com: Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio e Alejandro Guerra (Marco Antônio); Artur, Élber (Arthur Caíke) e Gilberto (Fernandão).

O próximo compromisso do Bahia é novamente em Salvador, porém, agora na Arena Fonte Nova, diga-se, um confronto direto daqueles valendo seis pontos, contra o Internacional, sábado (26), às 19h.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*