Volante do Vasco prevê dificuldades no jogo contra o Bahia em São Januário

Vasco e Bahia se enfrentam em São Januário do próximo sábado

Vasco da Gama e Bahia abrem no próximo sábado às 11h da manha a décima oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O tricolor de aço vem de triunfo, suado, sofrido e importante contra o CSA na Arena Fonte Nova pelo placar de 1 x 0, enquanto o Vasco foi derrotado pelo Cruzeiro pelo mesmo placar no Estádio do Mineirão em Belo Horizonte. O Bahia é o oitavo colocado com 27 pontos, já o time carioca em campanha de recuperação, com 20 pontos é o décimo quinto colocado. O time carioca vem de uma seqüência de quatro triunfos consecutivos atuando em São Januário.

Antes do treino nesta quarta-feira, em entrevista ao Site Oficial, o volante Marcos Júnior lembrou a grande campanha que vem sendo feita pelo Bahia, alertou para as qualidades do Bahia e pediu atenção total ao grupo vascaíno durante os 90 minutos.

– Não tem jogo fácil. Todos nós sabemos que a equipe do Bahia é muito qualificada e que teremos um jogo muito difícil, mas também sabemos da nossa força dentro de São Januário e pedimos mais uma vez o apoio da nossa torcida, que vai lotar o Caldeirão para nos ajudar – afirmou o camisa 18.

Para encara o penúltimo jogo do segundo turno, o Vasco da Gama não terá à disposição o jovem e talentoso atacante Talles Magno, que se apresentou na segunda (02) à Seleção Brasileira sub-17, e o volante Richard, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O capitão Leandro Castan e o lateral-esquerdo Henrique, entretanto, voltam ao time. Ao comentar sobre as possibilidades de escalação, Marcos Júnior exaltou o comprometimento do elenco.

– A expectativa é muito boa. Nós estamos fazendo um bom trabalho e mostrando um bom desempenho dentro de campo. O resultado do último domingo foi ruim, mas nossa equipe é forte, quem entrar vai fazer falta e quem retornar vai nos ajudar bastante. – declarou o volante, que concluiu o bate-papo convocando a torcida para o Caldeirão:

– Jogar em São Januário é muito especial. Um estádio que eu tenho um carinho enorme, gosto muito de jogar. Agora defendendo a camisa do Vasco, mais ainda. No último jogo a gente vinha de uma derrota para o maior rival e a torcida fez uma festa maravilhosa. Acredito que sábado não vai ser diferente. Eu gosto de jogar às 11h, não acho que tem problema nenhum – encerrou Marcos Júnior.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*