Ex-volante do Bahia, técnico do Guarani quer o triunfo contra o Vitória

Thiago Carpini teve uma passagem conturbada pelo Bahia

Foto: Letícia Martins / Guarani FC

Em situação delicada no Brasileiro da Série B ocupando a lanterna com 19 pontos, o Guarani tentará iniciar a reabilitação neste sábado diante do Esporte Clube Vitória, em partida agendada para 16h30, na Arena Fonte Nova, pela 22ª rodada. Em entrevista coletiva, o comandante do Bugre quer o time marcando forte e sem abrir mão de jogar para buscar os 3 pontos em Salvador. Com passagem pelo Esporte Clube Bahia na época de jogador, o ex-volante e hoje treinador também falou sobre as opções do elenco para suprir os desfalques.

 

“A gente vai tentar fazer o que a gente vinha fazendo em alguns jogos, equilibrar bem os setores. Marcar forte e também não abrir mão de jogar. A equipe vinha de dois jogos sem tomar gol, Londrina e Figueirense. Procurar esse equilíbrio de novo em todos os setores. Dentro do elenco a gente tem algumas opções. Tem o Ferreira, o Giaretta, o Pedro Moraes, que agora está integrado com nós, é da base. O Pedro eu já adianto que não vai ser opção porque eu cedi ele ontem pra fazer um jogo do sub-20, acho que joga amanhã. Dentro do elenco temos boas opções, confio plenamente em qualquer um dos dois que eu colocar no lugar do Bruno Lima”, explicou o treinador.

Thiago Carpini defendeu o Esporte Clube Bahia em 2009, porém, a passagem foi um tanto quanto conturbada. Ele quebrou o braço esquerdo em um treinamento na pré-temporada e afirmou que o clube não o cuidou da forma como deveria. Resolveu processar o Esquadrão por danos morais e estéticos, e na justiça ganhou mais de R$ 200 mil. Na época, clube e jogador entraram em um acordo.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*