A última vez que o Vitória atuou como mandante na Fonte Nova perdeu com gol de letra

Depois de uma negociação que durou cerca de 120 dias, o Esporte Clube Vitória e o Consórcio que administra a Arena Fonte Nova chegaram a um acordo e nesta segunda feira (9) o contrato foi celebrado para um período de três anos já iniciando no próximo sábado quando o Leão encara o Guarani de Campinas em jogo da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Medida acertada seja para o Consórcio seja para o Esporte Clube Vitória que seguramente terá acréscimo importante de presença de público e como consequência, maior incentivo e receita neste momento ruim que atravessa o clube. Os termos do contrato ainda não foram divulgados por nenhuma das partes envolvidas.

 

A média de público do Vitória no atual Campeonato Brasileiro é de seis mil pessoas, muito pouco para a tradição do clube, e, sobretudo, pelo tamanho da sua torcida, uma das maiores do Nordeste. É pena que em nome de um orgulho que não se sustentou, o Leão demorou em tomar a decisão.

A última vez que o Vitória atuou na Arena Fonte Nova como mandante já faz tempo. Aconteceu em maio de 2017, quando enfrentou e perdeu para o Coritiba pelo placar de 1 x 0 em jogo da 3ª rodada do Brasileiro da Série A. Rildo de letra marcou o único gol da partida aos 26 minutos da etapa complementar. Naquele jogo, o público pagante foi de 7.813 torcedores.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*