Moisés complica, Bahia corre atrás, mas fica no empate com o Goiás na Fonte Nova

Esquadrão jogou desde os 5 minutos do 1º tempo com 10 homens

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/Bahia

De um lado o Bahia, sem perder há quatro jogos e embalado após vencer Flamengo e empatar com o Palmeiras, dois candidatos ao título. Do outro o Goiás, sem vencer há seis jogos e repleto de desfalques. A lógica do duelo pela 15ª rodada do Campeonato Brasileira seria um triunfo simples do time baiano. Seria, se não fosse a expulsão do lateral-esquerdo Moisés aos 5 minutos de jogo que detonou o esquema tático de Roger Machado, que havia escalado quatro atacantes e teve que mexer no time logo no início sacando o arisco Élber e colocando Giovanni para povoar o meio-campo.

 

Com 10, o Esquadrão mesmo assim seguiu ofensivo e atacando, mas foi vazado aos 33 minutos do primeiro tempo pelo zagueiro Fábio Sanches. No 2º tempo, Roger mexeu no time e o Esporte Clube Bahia buscou o empate, justamente com o jogador que saiu do banco, o meia Alejandro Guerra que se retornou após a lesão que o tirou dos últimos jogos e marcou o gol de empate aos 25 minutos do segundo tempo, inflamando a torcida tricolor. Os minutos finais ficaram emocionantes, mas não teve mais gol e o confronto terminou empatado por 1 a 1, diante de 28.866 torcedores na Arena Fonte Nova.

Com o empate (segundo como mandante na competição e o quarto nos últimos cinco jogos), o Esporte Clube Bahia chega aos 21 pontos e permanece no 10º lugar, enquanto o Goiás chega ao sétimo jogo sem vencer na Série A e fica no 12º lugar com 18 pontos. Agora o Esquadrão volta a ter uma semana de preparação visando o próximo compromisso que será no sábado (24), às 11h, contra o Atlético Mineiro, no Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

A primeira dor de cabeça para o técnico Roger Machado veio ainda antes da bola rolar. O atacante Gilberto sentiu o músculo posterior da coxa durante o aquecimento e virou desfalque de última hora. Fernandão entrou no time. Com isso, o Bahia jogou com: Douglas; Ezequiel (Guerra), Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Ronaldo, Flávio e Lucca (Arthur Caíke); Artur, Élber (Giovanni) e Fernandão. Lembrando que ele não contou também com os titulares Gregore (suspenso) e Nino Paraíba (vetado pelo DM). Enquanto do lado goiano, o treinador Ney Franco teve sete desfalques.

Bahia 1 x 1 Goiás: Veja o gol de Alejandro Guerra na Fonte Nova

 

Deixe seu comentário

3 Comentário

  1. Wonderful beat ! I wish to apprentice even as you amend your website,
    how can i subscribe for a blog website? The account helped me a appropriate deal.

    I have been a little bit familiar of this your broadcast provided brilliant clear
    concept

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*