Flávio celebra voltas de Nino e Élber e comenta pressão da torcida do Bahia

Esquadrão não vence há sete jogos na temporada

Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia

Sem vencer há sete jogos na temporada e sem marcar gol há quatro partidas, o Esporte Clube Bahia enfrenta no próximo domingo o Flamengo, às 16h, na Arena Fonte Nova, em partida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Na rodada passada, o Esquadrão empatou por 0 a 0 com a Chapecoense na Arena Condá e ocupa a 12ª posição com 16 pontos. Um novo tropeço aumentará ainda mais a pressão, porém, o volante Flávio, alvo da entrevista nesta sexta-feira, destacou que é preciso manter a tranquilidade para “para matar o jogo o mais rápido possível” e trazer o torcedor para o lado do time.

 

“A gente sabe que o termômetro da torcida somos nós dentro de campo. A gente tem que trazer o torcedor para o nosso lado desde o começo do jogo. Tem que pressionar e não dar espaço para eles jogarem. Ter tranquilidade para matar o jogo o mais rápido possível”.

Flávio deve novamente ter outra oportunidade de começar uma partida no meio da campo, o que é comemorado por ele. “Sempre frisei que independente da posição, queria estar dentro de campo ajudando. Precisou de mim muitas vezes como lateral, em nenhum momento disse que não iria jogar. Todos sabem que sou volante, é muito bom estar e Flávio comemora voltas de Nino e Élber e comenta pressão da torcida do Bahia na posição. Fazer um grande jogo para me credenciar ainda mais a me manter no time e ter uma sequência, que é o que todo jogador quer”.

O jogador também celebrou as voltas de Nino e Élber: “São dois reforços importantes, o Nino e o Élber. A gente não sabe qual time vai a campo, mas quem o professor optar vai dar conta do recado”.

 

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*