Esporte Clube Vitória troca de técnicos, mas não muda os resultados

Vitória troca de técnico de dois em dois meses

Fotos: Maurícia da Matta

Depois de apenas 10 jogos, onde venceu apenas duas partidas, o técnico Osmar Loss já foi embora, demitido pelo presidente Paulo Carneiro em comunicado feito ontem (04) à noite através das redes sociais. O presidente também indicou que o clube ainda não tem nome apalavrado e se queixou das dificuldades do mercado de bons nomes à disposição neste momento. Nesta segunda-feira, nem mesmo as conhecidas especulações não ganharam espaço e assim, o Leão segue sem técnico para a partida contra o Paraná no próximo sábado, precisando vencer para escapar da zona de rebaixamento, onde está inserido antes mesmo do inicio da Copa América.

 

Nos últimos seis meses, o Esporte Clube Vitória mudou em três oportunidades de técnico, porém, sem apresentar qualquer tipo de avanço especialmente quando considerado os resultados, algo que pode indicar que os problemas do Leão não se limitam não tão somente no comandante talvez ai sim, na qualidade dos comandados.

Neste pequeno período, porém de grande sofrimento já passaram pelo Vitória, Marcelo Chamusca que acumulou três triunfos, sete empates e quatro derrotas após 14 jogos. Cláudio Tencati não teve melhor sorte. Foram apenas sete jogos, venceu apenas uma única partida e finalmente Osmar Loss foi o único contratado na gestão de Paulo Carneiro, mas a agonia continua intacta e as perspectivas são as piores possíveis.

Deixe seu comentário

11 Comentário

  1. Quem será o Técnico do Vicetória na minha opinião será Claudinei, demitido pelo Goiás.
    Paulo Ovelha é previsível, é ultrapassado, é o Vicetória! HAHAHAHA!

1 Trackback / Pingback

  1. Google

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*