Técnico Interino da Chapecoense teve passagem importante pelo Bahia

Chapecoense e Bahia se enfrentam no próximo Domingo na Arena Condá

(Foto: Sirli Freitas)

Ainda sem definir o técnico que irá ocupar o cargo antes ocupado por Ney Franco demitido na última quarta-feira, o auxiliar Emerson Cris comanda a Chapecoense do duelo contra o Bahia que acontece às 11h, abrindo os jogos da 12ª rodada no próximo domingo. Essa não será a primeira vez que Emerson Cris assume a Chape interinamente. Em 2017, ele treinou a Chapecoense por oito jogos consecutivos. Destes, seis foram pelo Brasileirão, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Pela Sul-Americana, um empate e uma derrota diante do Flamengo.

 

Em 2019, foram quatro partidas, três pelo Catarinense (duas vitórias e um empate) e um pela Copa do Brasil (vitória sobre a Criciúma, em casa). Nestas duas séries, o aproveitamento do auxiliar chegou a 52,77%.

Emerson Cris, hoje com 41 anos, foi revelado pelo Paraná Clube, onde atuou vários anos quando jogador. Se transferiu para o Gama de Brasília, teve uma passagem curta pelo Sport-PE, no entanto ganhou destaque pelas boas atuações pelo Joinville/SC se transferindo para o Esporte Clube Bahia onde atuou como titular em 2007, inclusive teve papel de destaque no Bahia na campanha do acesso para Série B naquele ano. Deixou o Bahia em 2008. Seu último clube como jogador foi Anapolina onde encerrou a carreira em 2012.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*