Governador Rui Costa e lateral Daniel Alves discutem parceria em projetos

Daniel Alves agradeceu o convite e se colocou à disposição para firmar parcerias

O jogador Daniel Alves depois de conquistar a Copa América almoçou com o governador Rui Costa e com a primeira dama, Aline Peixoto na última terça-feira (9), no Palácio de Ondina, em Salvador. Acompanhado do empresário e de amigos, Daniel, que é baiano, de Juazeiro, presenteou Rui com a camisa número 13, utilizada na final contra o Peru, no último domingo (7), quando a Seleção Brasileira conquistou a Copa América. No encontro, foram discutidas parcerias em projetos sociais para serem deixadas de legado para a Bahia.

“Hoje tive a felicidade de estar na companhia desse baiano excepcional, juazeirense, de origem muito humilde e dono de uma carreira belíssima, construída com muita força de vontade. Convidei Daniel para dar esse exemplo de vida no apoio ao esporte da Bahia e no incentivo à nossa juventude, e ele topou. Quem sabe em breve nós tenhamos ele aqui junto a projetos sociais, mostrando aos jovens baianos, por meio do esporte, um exemplo de caminho a ser seguido”, declarou o governador durante a visita do jogador em entrevista publicada no site da Secretaria de Comunicação do governado do estado.

Daniel Alves agradeceu o convite e se colocou à disposição para firmar parcerias em futuros projetos no estado. “É um grande prazer estar de volta à Bahia e agradeço a recepção do governador e sua família aqui na terrinha. Poder representar as pessoas que torcem e que gostam da gente é sensacional. Estou construindo coisas incríveis e espero deixar o meu legado para os jovens e para esse povo que torce pelo meu trabalho. Quero seguir inspirando as pessoas e mostrar que elas podem realizar os seus sonhos”, afirmou o jogador.

As filhas do governador, Marina e Malu, e um amigo das meninas também recepcionaram o jogador. Participaram, ainda, do almoço o secretário estadual do Trabalho e Esporte, Davidson Magalhães, e o diretor-geral da Superintendência de Desportos da Bahia (Sudesb), Vicente Neto.

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. PÃO E CIRCO! TRISTE!

    O Governador claramente querendo capitalizar em cima do carisma de Daniel Alves…
    E as promessas de campanha que fez? Cumpriu?
    Disse que iria reduzir a idade para ingresso na Polícia Militar de Salvador, depois de eleito recuou com o prometido. Só fez para angariar votos de muita gente (mas não o meu, porque nunca me enganou).

    Disse que seria mais atuante nos Municípios e cidades mais carentes da Bahia, e aí cadê?

    Época de eleição é fácil, todos se dizem torcedores do Bahia (as vezes nem baianos são), pelo fato do Bahia ter a maior parte da torcida no Estado e consequentemente ganhar mais votos dos ignorantes que não sabem discernir as coisas.

    É uma pena não termos alguém que se candidate a governador que realmente nos represente! Muitos pegaram carona no partido do PSL, como João Henrique.(outro que nada fez, além de curtir o carnaval).

    É uma pena a Bahia ser o Curral Eleitoral do PT.

    Para os senhores terem uma ideia do nível de loucura desse povo:
    “Um estudante baiano fez uma vaquinha on line, para o renomado ator José de Abreu (petista), que foi condenado pagar uma indenização em torno do valor de 20 mil reais.”

    Acha que este ator não tinha condições?! Olhe para seu umbigo, vá estudar e melhorar de vida! O ator (que cospe em mulher, e não respeita opiniões) nem sabe da existência dele!

    E lógico que temos que respeitar o contraditório, por exemplo:
    “A deputada Tabata Amaral do PDT, é contra 90% das idéias do atual governo, mas seguiu as suas convicções durante o voto para a reforma da previdência e foi AMEAÇADA E SERÁ PROCESSADA PELO PRÓPRIO PDT por conta de sua opinião diversa.” Isso sim é um pensamento ditatorial.

    E nós baianos, temos um governador que compõe um partido que é farinha do mesmo saco.

    PÃO E CIRCO! TRISTE!

1 Trackback / Pingback

  1. Google

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*