Comentarista menospreza o CSA que através de nota acertadamente reage

CSA lança nota e rebate comentarista

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

A vida do CSA no Campeonato Brasileiro da Série A era sabido que seria dura, pela menor estrutura, pela ausência de tradição e até mesmo pelo puro preconceito por ser um clube do nordeste que se aventura na primeira divisão do futebol nacional depois de 31 anos de ausência. O clube até então obteve apenas um triunfo, mas, no entanto, tem feito uma campanha sem humilhações ou goleadas e agora ocupa a vice-lanterna, superado apenas o AVAÍ e assim, dentro do esperado segue tentando se sustenta na divisão com dignidade.

 

No Domingo passado, perdeu para o Corinthians por 1 x 0 e logo após o jogo, o ex-atacante do São Paulo e Seleção Brasileira, Muller, e hoje comentarista esportivo da TV Gazeta, fez duras críticas ao time alagoano Aliás, foi além das criticas, avançando nos comentários depreciativos quando taxou o time nordestino de “medíocre” e ainda questionou o que estaria fazendo na Série A.

O clube não gostou das considerações do comentarista que, aliás, que se diga, que trabalha numa emissora aí sim, ridícula para através de nota publicada no seu site oficial para rebater as ofensas do comentarista.

Confira abaixo a nota

“Caro ‘pseudocomentarista’, vamos responder o que estamos fazendo na série A! Primeiro de tudo, você conhece a palavra MERECIMENTO? Pois é, foi assim que chegamos na elite do futebol brasileiro. Subimos três divisões seguidas por termos planejamento, por sabermos onde estávamos e aonde queríamos chegar! São quatro anos de trabalho, organizando tudo que foi destruído no clube ao longo de décadas, fazendo o CSA ser respeitado novamente dentro e fora de campo.

Nós somos um clube de raça e história! Estamos com nossas finanças equilibradas, rigorosamente em dia com todos os encargos sociais. Liquidamos em quatro anos todo seu passivo trabalhista (de décadas), há 42 meses pagamos dentro do próprio mês todos seus colaboradores (atletas, comissão técnica e demais funcionários), e isso muito nos orgulha!

Chamar nossa torcida, funcionários, diretoria e jogadores de MEDÍOCRES, além de ser completamente injusto, só demonstra o quanto fragilizado estamos de profissionais que tem o poder da comunicação e não sabem usar isso de forma ÉTICA! Estamos lutando não somente contra potências do futebol brasileiro, mas também contra potências econômicas. Estamos na série A porque ALAGOAS e o CSA merecem!

Vamos lutar e buscar nossa permanência, para que comentários e preconceitos como os seus sejam banidos de vez do futebol e do jornalismo”.

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Respondendo o Comentário do Facebook
    Adler Mangabeira, sugiro respeitosamente, que você fique de quatro numa ladeira com um alvo no meio da bunda, um jumento desça de patins e ENCARQUE a PORRA EM VOCÊ!

    Nordestino não “se faz” de vítima no futebol, nordestino é vítima!
    A diferença entre isso é que os nordestinos não querem tratamento especial, apenas igualdade nos valores recebidos pelos times do Sul-Sudeste, além de um tratamento justo na consulta do VAR.

    Só pra você ter uma noção, quando QUALQUER TIME DO NORDESTE GANHA DE TIMES COMO FLAMENGO, SÃO PAULO, CORINTHIANS, PALMEIRAS, VASCO, observe como será as manchetes! Exemplo:

    “São Paulo deixou de ganhar 3 pts;
    São Paulo perdeu;”

    Sempre depreciando o triunfo de algum time do nordeste.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*