Cada vez mais crianças torcem por times da Europa: como evitar esse fenômeno?

Existem formas de aproximar a geração mais nova do seu time do coração. Confira algumas dicas e coloque em prática agora mesmo!

Foto: Freepik

Para os torcedores mais saudosos, pode parecer estranho que as novas gerações estejam torcendo por times de fora do país. Esse fenômeno pode ser explicado pela internet e o acesso aos jogos internacionais e também às emissoras de televisão, que em busca de audiência e seguir tendências, dão cada vez mais destaques aos jogos internacionais.

Além disso, os dois maiores jogos de videogames disponíveis no mercado não contam com licenças de todos os principais clubes brasileiros. Assim os jovens não conseguem jogar com os jogadores e principais competições do Brasil.

Outro ponto que pode influenciar esse fenômeno é a quantidade de jogadores brasileiros que estão jogando nos times do exterior. Segundo dados divulgados pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) 1.630 jogadores brasileiros deixaram o país para atuar no exterior só em 2017.

Você tem visto cada vez mais crianças andando nas ruas e jogando bola com camisetas de times estrangeiros? Provavelmente sim. Você é pai, tio, irmão ou padrinho, ama futebol e tem um clube brasileiro no coração?

Confira algumas dicas de como fazer a nova geração continuar torcendo pelos clubes brasileiros, o clube do seu coração:

Conexão

Desde o nascimento, é importante que pais ou outros interessados no futuro clube da criança se dediquem a entender sobre paternidade e tentem se conectar mais com as crianças. De acordo com o portal CANTINHODOSPAPAIS, isso é essencial, pois faz a ligação entre os dois ser mais forte. A proximidade torna mais fácil a missão de influenciar uma criança a torcer para cert clube, e existem atitudes que ajudem nessa missão desde o começo. A internet está aí para isso: aprendermos.

Valorize seu tempo em família

Estar presente tem relação com a dica anterior. Deixe o celular de lado e viva os momentos em família com intensidade e qualidade. Ao reservar momentos especiais com as crianças, podendo ser, inclusive, uma partida de futebol, você mostra para elas a importância da família, de tradições e de conexões. Certamente um pai presente tem mais chances de influenciar o filho na escolha do time do coração. Deixe que ele perceba o quanto isso é importante para você e que a presença dele nesses momentos é essencial.

Levá-lo ao estádio e fazer deste um momento especial é imprescindível.

Conte histórias

Mostre filmes, vídeos, fotos e conte para ele sobre as alegrias que você já viveu com o time. Deixe que sua memória afetiva seja transferida para ele e fale sobre momentos inesquecíveis. Todo filho quer ver seu pai feliz, mas para isso ele precisa entender a história do time e dos seus jogadores.

Seja leal mesmo nas derrotas

Além de ser uma lição de vida, ensinar seu filho a perder e enxergar que um time, mesmo perdendo, tem suas glórias é passo essencial nessa jornada. Explique que errar é normal, mas que aquilo é uma lição. Demonstre empatia pelos jogadores e continue leal à equipe mesmo em tempos difíceis. A criança certamente irá reparar nisso.

Dê presentes do time

Sim! Isso também é importante. Leve seu filho em lojas de artigos esportivos. Não precisa gastar muito, mas quando puder, invista em uniformes e envolva a criança na escolha. Deixe que ele decida sobre a melhor camisa, incentive, compre roupas iguais para vocês e mostre que “ele pode ser legal como o papai”.

Nessa hora também existe um truque: peça para que pessoas próximas também elogiem e façam com que ele se sinta feliz e confiante com a escolha. Outros presentes do tipo também são válidos. Cadernos, capa de celular, bonés, tênis, pelúcias e até chupetas. Nunca é cedo para começar.

Invista no seu time

Parte importante para um time crescer é ter apoio da torcida. Na medida do possível, consuma conteúdos oficiais, visite estádios, assine produtos autenticados, evite a pirataria, participe dos fóruns, vá a jogos e ajude no crescimento do clube. Isso permitirá que os jogadores tenham mais investimento e contrações melhores sejam feitas. Quanto melhor estiver a fase do time, mais fácil será fazer a criança torcer para ele.

Relaxe!

Não se desespere se seu filho, sobrinho ou afilhado gritar um hino europeu. Provavelmente, isso vai acontecer. Mas brigas não solucionam nada. Mostre para ele que você também gosta, não deixe de apoiá-lo. Aproveite esses momentos para comparar jogadores internacionais com os nacionais. Conte história de clássicos, curta o momento e relaxe. Um pai calmo e paciente é certamente um bom começo para fazer o filho torcer pelo mesmo time.

 

Deixe seu comentário

4 Comentário

Comentários não permitidos.